quinta-feira, 31 de março de 2016

Semana Santa em missão na arquidiocese de Natal (RN)


Jovens da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e da Juventude Missionária (JM) se juntaram aos representantes das Famílias Missionárias (FM) da arquidiocese de Natal (RN) para vivenciarem o Tríduo Pascal. De 24 a 27 de março o grupo visitou seis paróquias do interior do estado.

Atentos aos apelos de uma “Igreja em saída”, jovens e famílias partiram na quinta-feira santa rumo aos municípios do Rio Grande do Norte, com intuito de anunciar o Evangelho e o verdadeiro sentido da Páscoa nas comunidades e promover o intercâmbio entre os grupos.

Os participantes foram divididos em grupos e atuaram nas paróquias de seis municípios: Touros, Pureza, Lagoa de Pedras, Ipanguaçu, Santa Maria e Extremoz.

Durante os dias de missão tiveram encontros com as crianças, adolescentes e jovens, visitas as comunidades, além das celebrações do tempo litúrgico e via sacra.

O jovem missionário Igor Ferreira, da paróquia de Nossa Senhora da Pureza, comentou não ter arrependimento diante de sua escolha, sendo a primeira vez que esteve longe de casa e de familiares neste período. “Foi a minha melhor Semana Santa. Depois de vários contratempos no caminho, ao chegar na comunidade fiquei encantado com a simplicidade, disponibilidade e participação das pessoas. Todos foram muito atenciosos em cada momento”, destacou o evangelizador que esteve na comunidade Lagoa do Peixe, município de Lagoa de Pedra (RN).

A coordenadora diocesana da JM em Caicó (RN), Juciane Chianca, esteve na comunidade Vila Assis, no município de Touros (RN), e também testemunhou: “Foi muito gratificante poder ajudar a comunidade na vivência das celebrações do tempo pascal, falar do nosso carisma para as crianças e jovens. Que essa experiência nos inspire a ir além, a sermos verdadeiramente uma Igreja em saída”.

A jovem Karolina Fernandes, da JM de Pureza (RN), esteve na comunidade Aracati, em Touros (RN) e também falou do desafio desta experiência. “Não foi fácil deixar, em plena Semana Santa, a família e as atividades na paróquia, mas o missionário não pode ficar parado, tem sempre que agir, sair, conhecer a realidade de outras comunidades”.

Com informações da JM Rio Grande do Norte (RN).

Um comentário:

eudimaria silva disse...

Foi uma experiência maravilhosa de muitos conhecimentos compartilhados, não fui além paróquia, contudo tive o prazer de evangelizar ao lado dos meus companheiros de grupo da JM e dos missionários que acolhemos em nosso Setor Santa Terezinha, a jovem da JM do Aracati-Touros/RN Beatriz e a FM do Santuário de Nazaré-Natal/RN.
Neste tempo pascal levamos a palavra de Deus porta a porta, principalmente aqueles enfermos que por motivos de saúde não mais se deslocam até a igreja e aqueles que atualmente se mantêm afastados. Além de realizarmos via sacra, encontro com os jovens, com as crianças e as celebrações do tempo litúrgico.
São nestes pequenos gestos que percebemos a importância de ser missionário e de atender ao apelo do Papa Francisco "Uma Igreja em Constante Saída", ir ao encontro de Jesus no irmão, pois Jesus se faz presente na humildade das pessoas.
Nestes 04 dias de missão acordando cedo e dormindo tarde nosso físico ficou cansado, mas o espírito enriquecido de ardor missionário!

Eudimária Caroline
Coordenadora de Grupo JM/RN
Paróquia Nossa Senhora da Pureza