sábado, 26 de março de 2016

Nasce um grupo da Juventude Missionária em Gurupi (TO)


Através de experiências formativas e missionárias alguns jovens da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, da cidade de Gurupi, Diocese de Porto Nacional (TO), encontram-se para dar início às atividades da Juventude Missionária na manhã do último domingo, 20, na igreja matriz.

O primeiro encontro foi de apresentação da Juventude Missionária (JM), sua metodologia e carisma, além de algumas definições de perfil do jovem missionário. “Gostei muito do encontro que tivemos só reforça o sentimento que tenho pela JM que conheci por meio do ELJUMI nível 1 da forania de Gurupi”, testemunhou o jovem Gabriel Gonçalves, da Paróquia Santo Antônio.

O padre da Obra de Maria e também pároco local, Lucas Fernando da Silva, exortou os jovens a testemunharem o Cristo com a vida. “O jovem deve evangelizar outros jovens através do seu testemunho diário do Cristo ressuscitado. Ele deve ser espelho e esperança da transformação, do novo. Jovem gosta de desafios, e esse é nosso desafio, levar às pessoas uma mensagem de amor e acolhimento”, enfatizou.

A coordenação diocesana da Juventude Missionária tem se dedicado com total entrega e amor ao trabalho de evangelização dos jovens. Diogo Alves, coordenador diocesano da JM, motivou os jovens a serem protagonistas na comunidade. “Hoje nós estamos aqui coordenando, amanhã serão vocês. Façam a obra acontecer, dediquem-se a vinha do Senhor, porque o grupo só crescerá se houver compromisso e protagonismo de vocês enquanto participantes e desenvolvedores do trabalho missionário”, exortou.


Gabryella Ferreira, coordenadora do novo grupo, agradeceu aos jovens que compareceram e explicou a luta para chegar até o dia do inicio de tudo. “Foram três anos tentando começar essa experiência em nossa comunidade. Uma vez compramos livros, fizemos convites, mas ninguém apareceu. Estou muito feliz por vocês estarem aqui, isso representa muito pra nós”, comemorou.

Esse primeiro encontro contou com a participação de missionários de Alvorada e de outras paróquias de Gurupi, mostrando a unidade em prol duma igreja em constante saída.

Nenhum comentário: