sábado, 5 de dezembro de 2015

Encontro de Aprofundamento da IAJM do Regional Nordeste I


Nos dias 27, 28 e 29 de novembro, cerca de 50 assessores da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e jovens participantes da Juventude Missionária (JM) se reuniram na cidade de Ubajara, a 348 km de Fortaleza, para participar do Encontro de Aprofundamento do Regional Nordeste I (Ceará).

O encontro aconteceu no Centro Pastoral Padre Moacir Melo e reuniu representantes da diocese de Tianguá e de outras seis dioceses: Crato, Iguatu, Itapipoca, Crateús, Sobral e Arquidiocese de Fortaleza.

Durante o encontro, assessorado pelo secretário nacional da Infância e Adolescência Missionária (IAM), padre André Luiz de Negreiros, os participantes receberam formação sobre a violência infantil, que abordou assuntos como a exploração sexual, o abuso sexual e como a mídia influencia ou mascara essas práticas.

Outro tema abordado foi a espiritualidade missionária, que refletiu sobre a necessidade dos assessores trabalharem a espiritualidade com as crianças. E dando prosseguimento às palestras, o tema educação à mundialidade falou do carisma da obra.

O encontro teve uma noite cultural com tema natalino, confraternização e troca de presentes. Houve também plenária por diocese para discutir a situação das atividades da missão.

Um dos pontos altos do evento foi a missa presidida por dom Xavier que em meio a homilia deu seu testemunho. O bispo comoveu os participantes quando relatou que foi uma criança da IAM. Ele participou da obra dos seis aos 10 anos de idade. Só posso agradecer ao Senhor por tamanho aprendizado. Conhecer as realidades e avanços da tecnologia, principalmente, virtual, a influência da modernidade nos grupos da IAM e JM. Dar o valor merecido aos grupos ajudando as crianças e jovens a serem protagonista de sua história.”

É grande a importância de conhecer a realidade e se pensar em melhoras”, afirmou o coordenador diocesano de Tianguá da Juventude Missionária, Francisco Dianini Farrapo.

Fonte: Nordeste I da CNBB

Nenhum comentário: