quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Lideranças da JM visitam grupo de jovens da Comunidade de Cristo Operário, de Porto Nacional (TO)


Na tarde do último sábado, 12, lideranças da Juventude Missionária da Diocese de Porto Nacional e do Regional Norte 3 se encontraram com os jovens da comunidade Cristo Operário, no Jardim Querido, em Porto Nacional (TO). O momento foi de partilha e diálogo.

O objetivo era esclarecer como funciona a JM animada pelas Pontifícias Obras Missionárias, sua metodologia, carisma e identidade. A conversa foi mais informal, pelo fato de estar acontecendo em Porto Nacional, na Catedral Nossa Senhora das Mercês, um encontro de animação missionária, com diversos jovens realizando missão porta-a-porta.

"A missão pulsa em nosso ser como uma urgência. Aproveitamos o máximo possível para promover o encontro com o outro, trazendo Cristo, o bom pastor, até os confins do mundo", celebrou George Henrique - Coordenador da JM no TO.

Durante a partilha, foram realizadas diversas perguntas sobre o Encontro Diocesano da Juventude e Adolescência Missionária - EDJAM, que acontecerá em Alvorada (TO), de 18 a 20 de setembro. "O encontro é para celebrarmos mais um ano de caminhada da JM em nossa diocese. No EDJAM nos formamos e saímos em missão, de casa em casa, para atendermos o apelo de uma igreja em constante saída", explicou Romênia Carvalho.



A irmã Terezinha Costa, que é dominicana, carrega consigo um testemunho belíssimo de amor pela missão e tratou de explicar as quatro áreas integradas com um olhar especial pela Síria, que sofre com a migração de refugiados da guerra, onde várias pessoas estão morrendo em busca de refúgio. "É nosso dever rezar pelos continentes, especialmente por aqueles que mais sofrem, como é o caso da Ásia", suplicou. E, continuou: "De todas as metodologias juvenis que já trabalhei, a que me deixou apaixonada foi a JM, a missão, pois minha vida foi transformada".

Os jovens da comunidade do Jardim Querido irão participar do EDJAM em Alvorada (TO), e após o encontro desejam receber uma formação mais especifica sobre a JM a fim de ingressar nesse carisma.

O pároco de Alvorada, Padre Jucimar, é filho dessa comunidade e está muito feliz por receber esses jovens. "É muito bom ver pessoas de minha comunidade de origem vir até minha paróquia para evangelizar".


Nenhum comentário: