sábado, 1 de agosto de 2015

Jornada da JM no Espírito Santo lembra mártires


A Diocese de São Mateus realizou nos dias 11 e 12 de julho, a primeira Jornada Diocesana da Juventude Missionária, que ocorreu na comunidade São Pedro, paróquia de São José Operário, município de Ecoporanga (ES). Inspirado na Jornada do Jovem Missionário das Pontifícias Obras Missionárias (POM), o encontro permitiu aos jovens vivenciar o tema Missionariedade, Serviço e Martírio e o lema "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e me siga (Mc 8, 34).

No dia 11, o encontro contou com momentos de animação e acolhida, com orientações para as visitas missionárias às famílias, que ocorreram no sábado à tarde. Os jovens descrevem a importância deste momento de missão.

“O encontro foi um momento inesquecível de fé, oração e interação entre jovens de paróquias diferentes. O momento de visita às famílias foi para mim o mais importante. Foi um momento para se conhecer, trocar experiências, levar e buscar a Palavra e o amor de Deus, sob o ardor do jovem missionário. As famílias foram muito acolhedoras,” disse Râyni Maíki, da paróquia São Marcos.

Kaylan Bettim Ton, da paróquia São Cipriano, testemunhou. “O encontro permitiu interagir com as pessoas que não conhecíamos. Muito boa a acolhida nas casas que visitamos proclamando a Palavra de Deus. Tenho certeza que o encontro despertou o carisma no coração de cada jovem missionário.

A juventude se reuniu para oração do Terço Missionário na praça, na comunidade acolhedora. A ideia é que após realizar as missões os jovens alimentem sua espiritualidade missionária com a oração. A oração do terço contou também com a presença da comunidade que sentiu-se cativada com o encontro e participou ativamente do momento. A oração foi seguida de uma noite cultural entre os jovens e a comunidade com quadrilha, confraternização entre outros.

O encontro foi ótimo, pois vivenciamos e aprendemos mais sobre o nosso carisma missionário. Estamos também conhecendo novos jovens, jovens de fé, a quem se pode confiar a evangelização de novos jovens. O que me chamou a atenção foi a grande participação das pessoas da comunidade na oração do terço missionário, na praça da vila,” afirmou Luiz Alberto Dal’Col Stingel, da paróquia São José Operário.


No domingo (12), após a oração da manhã, os jovens receberam formação sobre o material da Jornada do Jovem Missionário, iniciativa das POM, através da Obra da Propagação da Fé, da qual a JM faz parte. Também foram discutidas diretrizes para fortalecimento e desenvolvimento de atividades dos grupos da diocese e do próprio carisma e espiritualidade missionária destes grupos.

Sobre o momento de formação, uma das assessoras de grupos, Marilse Firmes Martins, da paróquia São Mateus, destacou. “Foi extremamente proveitoso principalmente pelo fato de despertar no jovem missionário o carisma missionário, sendo fiel à sua raiz que é o próprio Cristo, aquele que vai ao encontro onde estiver, sem importar o lugar.

A tarde do domingo, contou com um momento especial. Foi realizada pelos participantes, uma caminhada pelas ruas, em memória dos mártires, inclusive os mártires da diocese e do estado. Durante o percurso, eram feitas paradas onde se contava a história de alguns desses mártires. Entre eles, destacamos Irmã Doroty, padre Ezequiel Ramin, dom Oscar Romero e os cristãos Coptas.

O encontro encerrou com a Santa Missa animada pelos jovens com a presença da comunidade.

Nenhum comentário: