domingo, 28 de setembro de 2014

"Acordar com fé e sem fome", ação leva ajuda material e espiritual à moradores de rua de Patos (PB)


No último domingo, dia 21 de setembro, a Juventude Missionária da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Patos (PB), realizou mais uma significativa missão, dessa vez o intuito era partir ao encontro de pessoas carentes, moradores de rua em situação de risco social, e oferecer um pouco de comida, um singelo café da manhã, acompanhado principalmente do oferecimento da palavra de Deus e de uma breve oração.

A missão foi denominada "ACORDAR COM FÉ E SEM FOME", tudo começou com uma oração diante do Sacrário do Santíssimo Sacramento por volta das 23 horas no interior da nossa paróquia. Após um rápido descanso, os jovens missionários estavam de pé por volta das 03h15 da manhã e prontos para a batalha, munidos das suas principais armas: a fé, a Bíblia e dos alimentos que seriam oferecidos.


Quando em peregrinação nas principais ruas da nossa cidade, os jovens missionários constataram que estão repletas de pessoas carentes, nossos irmãos tem como lar as vielas e becos, como cama uma calçada dura e áspera, como teto as estrelas, e como companheiros inseparáveis o frio, a solidão, a chuva, o calor e o abandono.

Poder rezar, falar de Deus a essas pessoas e oferecer um alimento foi um alento pequeno, é verdade, mas uma forma de pedir a Deus que renovassem suas forças para mais um dia de labuta e sofrimento. 

A missão foi tocante, cheia de ensinamentos e aprendizados, ao final da missão, com o nascer do sol, a sensação era de missão cumprida, mesmo diante do cansaço. Isso nos faz pensar que como missionários temos que "sair das sacadas e janelas, é preciso ir além, descer aos porões existenciais", porque é lá aonde encontraremos aqueles que mais precisam da luz do Evangelho, como diz a oração do santo que é o primeiro depois do único, São Francisco de Assis: "Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz." 

Nenhum comentário: