domingo, 31 de agosto de 2014

Juventude Missionária do Ceará realiza Encontro para Líderes


Quando Deus nos chama, não tem obstáculo que nos impeça. Nada nos faz seguir outra direção. Ele se faz presente no próximo, naquele que mais necessita de nós”. O mesmo entusiasmo sentido por Beatriz Albuquerque também contagiou os jovens que participaram do Encontro de Líderes da Juventude Missionária (ELJUMI) do Ceará.

Estudar a espiritualidade de Jesus e buscar caminhos para ser jovem missionário foi o que levou 60 jovens a se reunirem no último final de semana, 22 a 24, na cidade de Sobral (CE). A formação contou com a presença do secretário nacional da Propagação da Fé, Guilherme Cavalli, que norteou sua fala a partir das Bem Aventuranças de Jesus encontradas no Evangelho de Mateus. O secretário também usou para a formação o livro Jesus Hoje, do escritor e teólogo sul-africano Albert Nolan.

Assumir a postura de autênticos cristãos é ser inquietos profetas. É pela experiência mística de união com todos os povos que nos permitimos compreender Deus” comentou. “Sendo assim, é impensável que um Jovem seja missionário e participe da Igreja, sem denunciar claramente as injustiças do seu tempo”, completou Guilherme.

O ELJUMI III teve a participação de jovens provenientes de sete das nove dioceses existentes no Ceará. O desejo de aprofundar a prática missionária na pessoa de Jesus Cristo mostrou o amadurecimento dos presentes, sendo esse um aspecto que transmitiu a jovem Beatriz Albuquerque, da diocese de Itapipoca.

No encontro aprendemos que o nosso próximo é aquele de quem nos aproximamos. Estar próximo dos pequenos era prática de Jesus e deve ser a nossa. Devemos principalmente ir ao encontro dos que precisam de acompanhamento. São esses que nos fazem ficar inquietos se não o ajudarmos”, comenta Beatriz.


O bispo de Sobral e referencial da missão no Regional Nordeste 1 da CNBB, dom Odelir Magri, entusiasmou os jovens com sua presença. Durante a celebração eucarística presidida no domingo, o bispo que é missionário comboniano lembrou a necessidade de buscarmos uma Igreja em saída e que é serviço. “Fico muito feliz em dispor a diocese de Sobral para receber vocês jovens missionários. A chave para a felicidade é estar a serviço, e isso está na missão. Saibamos nos colocar a disposição”, lembrou dom Odelir.

As juventudes protagonistas
Para o jovem Rodrigo Santana, da diocese de Sobral, participar da formação foi compartilhar vivências. “Senti-me feliz com o encontro por ter convivido e provado da nossa diversidade juvenil cearense. As variadas experiências provam que a missão tem uma força para impulsionar a juventude a ser livre, aberta e disponíveis para as coisas de Deus.”

O encontro contou também, com a participação de assessores da Infância e Adolescência Missionária (IAM). Arlane Markely, coordenadora estadual da IAM, lembrou a importância de trabalhar em conjunto enquanto Pontifícias Obras Missionárias. “Nesse final de semana nos reunimos enquanto dimensão missionária para refletir, rezar, nos animar e, sobretudo, assumir o compromisso de fazer a missão continuar”, lembrou a jovem da diocese do Crato. “A missão depende do trabalho de cada um de nós. É um chamado urgente para ser vivido nos nossos grupos de base o estado permanente de missão.”

Para o jovem Magno Santos, da diocese de Limoeiro, o encontro trouxe temáticas que despertaram os jovens a compreenderem a urgência de assumir uma postura ainda mais missionária. “Nesse encontro ficou muito bem esclarecido o nosso papel profético como JM. No encontro conseguimos compartilhar nossas experiências como grupo e diocese, e com isso aprendemos muito”, ressalta. “O nosso representante nacional, Guilherme Cavalli, foi muito feliz em sua formação. Um jovem passando sua experiência e seu papel para outros jovens fez com que o encontro se tornasse agradável e proveitoso”.

Como fruto do ELJUMI, ficou afirmado que o Regional Nordeste 1 realizará em 2015 a sua primeira missão estadual. Em comunhão com todas as dioceses e grupos, a missão ocorrerá na cidade de Quixeramobim, na diocese de Quixadá. Também foi decidido que o próximo ELJUMI III será na diocese de Crato.


Testemunho de uma jovem missionária
A alegria de ser JM está completamente revigorada. O Encontro de Líderes da Juventude Missionária Nível 3 foi um sucesso! Mesmo com dificuldades, falta de apoio, vontade de desistir, o chamado de Deus foi mais alto. Alegro-me em pensar que, desde a IAM, em 2007, sempre fui motivada a trazer a JM pra minha diocese. Temia por não se sentir preparada e ser tão nova.

Durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio 2013), visitei a Feira Vocacional, no alto da Boa Vista. No stand das POM recebi vários folders, conversei com pessoas que me falaram da JM. Depois de voltar da JMJ, organizei uma missão com os crismandos dos quais eu era catequista. Notei que eles queriam mais e por coincidência, ao arrumar minhas coisas encontrei o folder que apresentava a JM. Entrei em contato com a coordenação regional, e em novembro do ano passado tivemos o encontro de implantação. Em janeiro começamos nossos encontros e desde então temos ganhado espaço em nossa paróquia.

Hoje recolho os frutos da gratidão pelas palavras de incentivo e sabedoria de nosso secretário nacional Guilherme Cavalli; por meu querido coordenador Lucas Guerra e toda comissão do Regional; a diocese de Sobral pelo acolhimento; e as trocas de experiências com todos os jovens presentes no encontro.

Ah! Não posso esquecer-me de compartilhar a alegria de terem escolhido minha diocese, especificamente minha cidade, para a primeira Missão da Juventude Missionária Ceará. Contamos desde já com as orações e apoio de todos, e os esperamos de braços abertos. Agora, mãos a obra para por fim ao comodismo! Estamos aqui para fazer do outro o nosso próximo, é disso que precisamos. “Ide, sem medo para servir”.
Monyara Reis Quixeramobim, JM Ceará

Nenhum comentário: