domingo, 17 de agosto de 2014

JM Fátima, de Patos, completa 04 anos de Missão


É com imensa humildade e gratidão a Deus que a Juventude Missionária Nossa Senhora de Fátima, de Patos (PB), comemorou seus quatro anos de existência no último dia 15 de agosto, com a certeza de se chegamos até aqui, foi por causa da força emanada do ressuscitado, que caminha conosco e faz o nosso coração arder (cf. Lucas 24, 32), nos fortalecendo na caminhada missionária, pois: "Tudo posso naquele que me fortalece". (Filipenses 4, 13).

Quem assume o mandato de Jesus Cristo: "Ide por todo o mundo e anunciai o evangelho a toda criatura." (Marcos 16, 15), sabe que o caminho não é feito apenas de pétalas de rosas, se Jesus rima com luz, também rima com cruz. Assim foram as nossas inúmeras missões ao longo de 4 anos, marcadas pelas dificuldades e alegrias, mas vividas com muito amor e entusiamo, como é bom poder, mesmo sendo tão pequenos e pecadores, anunciar as maravilhas que o Senhor nos designou. Também foram numerosos os jovens que se sentiram chamados e serviram na nossa missão com muito amor e carinho, temos a certeza de que uma vez missionários, sempre missionários.

Podemos testemunhar que nas missões evangelizamos, cantamos, nos divertimos, mas também nos emocionamos, somos evangelizados, podemos experimentar a dor das pessoas de perto, sentir a amargura de pessoas que praticamente devido aos percalços da vida, perderam completamente a esperança na vida, mas ao mesmo tempo, somos testemunhas de que a luz de Cristo é capaz de revigorar e devolver a vida, é como uma árvore que ao começar a ser bem cuidada, podada e adubada, começa a rejuvenescer e seus ramos volta a florescer.

Essa é uma das maiores lições que a Juventude Missionária nos proporciona, levar o evangelho aqueles que estão longe, nas periferias, distantes, esquecidos e marginalizados pela própria sociedade, eles são os que mais precisam urgentemente da luz do evangelho, entretanto, para isso precisamos sair das nossas comodidades e enfrentar os obstáculos, como bem afirmou o Papa Francisco: "Prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças" (Evangelli Gaudium, p. 27).


Logo, a Juventude Missionária coloca o jovem como protagonista da missão, é preciso sair das paredes da igreja que nos circunda, buscar os mais distantes. Agradecemos mais uma vez a Deus por nosso aniversário de grupo, com a certeza que a Igreja está em estado permanente de missão, que ainda há muito a ser feito, como afirma o Papa Francisco: "A causa missionária deve ser a primeira de todas as causas." (Evangelli Gaudium, p.8). Com a intercessão da virgem Maria e que Santa Terezinha e São Francisco Xavier roguem por nós, que venham muito mais anos de grupo e consequentemente muitas missões.

Nenhum comentário: