terça-feira, 5 de agosto de 2014

Diocese de Nazaré, em Pernambuco, realiza 1ª Experiência Missionária


Com o intuito de despertar, principalmente entre os jovens, o carisma missionário da Igreja, a diocese de Nazaré realizou entre 19 e 27 de julho a 1ª Semana de Experiência Missionária. O encontro contou com participação de cerca de 90 missionários de várias paróquias e outras regiões, tais como Recife, Olinda, Fortaleza e representantes do estado da Paraíba.

Inspirados no trecho do Evangelho segundo Lucas, “Cristãos, avancem para águas mais profundas e lancem as redes para a pesca” (cf. Lc 5,4), os missionários conheceram a realidade de algumas comunidades da paróquia de Goiana, que se estende desde a zona da mata até o litoral pernambucano.

Foi uma semana de diversas atividades, entre elas, celebração de envio, visitas a escolas, abrigos, creches e asilos, celebrações da palavra e eucarísticas, comemorações culturais, mas principalmente de visitação a casas das comunidades, um momento propício para o conhecimento da realidade local e a necessidade de ser Igreja ad extra.

Para viver essa experiência junto aos diocesanos, a jovem Laíse Menezes, da coordenação da Juventude Missionária (JM) na diocese, e os jovens Jadson Bezerra e Jordhy Paiva, da equipe de articulação da JM no estado de Pernambuco, participaram das atividades. Desde o primeiro dia da experiência, a jovem Laíse esteve presente acompanhando a programação no distrito da paróquia de Goiana chamado Tejucupapo e os jovens Jadson e Jordhy na comunidade praieira de Ponta de Pedras.

Todos os missionários destacaram a grande experiência vivida nas visitas domiciliares das diversas comunidades. A irmã Aparecida da Providência é uma religiosa que mora na cidade de Paudalho e vivenciou esse momento em Ponta de Pedras. Para ela, as famílias tem sede de Deus. “Vimos suas dores e angústias, porém a fé era visível aos olhos”, disse.

Segundo a religiosa, cerca de 200 famílias foram visitadas fazendo com que essa visitação despertasse nos missionários o mesmo sentimento dos discípulos de Emaús. “O nosso coração ardia de alegria”, destacou.

Durante a semana missionária, várias outras atividades foram realizadas, entre elas, terço com as famílias, adoração ao Santíssimo Sacramento com os jovens, encontro com as crianças e adolescentes, visita aos idosos e doentes, luau e caminhada penitencial.

Outra atividade que chamou atenção do grupo de cerca de 40 jovens que acompanhou as atividades na comunidade Ponta de Pedras foi a ‘Noite com dom Helder Câmara’, onde foi apresentado um documentário sobre a sua vida e profetismo. O convite do saudoso bispo dizendo: “não percamos o profetismo” ecoou no ouvido de todos.

Ao fim da experiência da Semana Missionária, a comunidade se reuniu para a celebração eucarística e para o momento cultural em gratidão a visita dos missionários. Todos da comunidade se reuniram para essa confraternização e despedida daqueles que vivenciaram por uma semana o dia a dia comunitário.


Avaliação
Na manhã do domingo dia 27, todos os missionários das diversas comunidades se reuniram para a avaliação da experiência na sede paroquial. O momento foi coordenado pelos padres José Roberto e Diego Silva com o intuito de avaliar a caminhada semanal e dar os primeiro passos para a 2ª Experiência Missionária na diocese. Para o seminarista Álvaro Benício a “experiência missionária foi um tempo da graça de Deus”, se referindo a sua vivência, já que ele deixou as férias com a sua família e foi conviver e sentir a vida das comunidades.

Outros jovens expressaram que a ida até as comunidades foi uma forma de conviver com o dia a dia delas e experimentar um pouco das suas alegrias e sofrimentos. Outro fato que chamou atenção de todos foi à expressiva presença evangélica e a necessidade de despertar a fé católica no seio das famílias na maioria das comunidades visitadas. Para o jovem Natanael da paróquia de Glória de Goitá a experiência foi um momento de redescobrir a importância de “ser o primeiro a dar e o último a receber”, se referindo à amorosa acolhida e a disponibilidade das famílias, mesmo muitas delas possuindo poucas condições financeiras.

Essa 1ª Experiência Missionária Diocesana foi o despertar para a maioria dos 90 jovens participantes, já que muitos deles nunca tinham participado de atividades fora da sua comunidade paroquial. Após o momento avaliativo, uma grande caminhada pelas ruas da cidade de Goiana seguida pela celebração eucarística e envio missionário presidido pelo bispo diocesano, dom frei Severino Batista de França, marcou a conclusão dessa atividade.

Jadson Bezerra

Nenhum comentário: