sexta-feira, 2 de maio de 2014

Diocese de Caratinga acolhe encontro de formação para Juventude Missionária


Motivados pelo apelo do papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em sair dos ambientes favoráveis das reuniões e viver a missão um pouco mais além, a diocese de Caratinga (MG) acolheu, nos dias 25 e 26 de abril, o encontro da Juventude Missionária (JM), nível 1.

Motivar os jovens a iniciarem o grupo de Juventude Missionária em suas paróquias, formar e informar sobre a missão da juventude inserida nos diversos grupos existentes na diocese (Pastoral da Juventude, Ministério Jovem, Renovação Carismática Católica e Juventude Missionária), foram alguns dos objetivos do evento.

O encontro reuniu jovens de várias paróquias da diocese e iniciou com uma reflexão sobre o chamado de Samuel, que sendo jovem, assumiu a missão de Deus. Da mesma fora, a juventude hoje é convidada a responder com alegria esse chamado.

Destacando os verbos escutar, seguir e anunciar, Aparecida Alves, coordenadora do Conselho Missionário Regional (Comire) Leste 2 da CNBB, abordou o tema “Juventude e Missão”, a partir do princípio da universalidade da missão e do sentido de viver. “A Missão nos faz mais humanos e dá um sentindo verdadeiro à nossa vida”, afirmou Cida Alves.

Para dinamizar o encontro, antes de falar sobre a Juventude Missionária propriamente dita, Érica Júlia, coordenadora da JM no estado de Minas Gerais, discorreu sobre as portas da juventude e os novos sujeitos do mundo contemporâneo. Destacou as portas do prazer, da violência e das drogas, do culto ao corpo, da religião, da liberdade, do presente e do futuro e do mundo virtual que fazem parte da juventude. Falou ainda das “frestas” pelas quais a juventude de hoje vê.


Para Bruna Sthefany Gomes, 17 anos, de Piedade de Caratinga, o encontro ajudou ter outra visão de missão. “Agradeço a Deus por ter me dado essa grande oportunidade de participar desse encontro, conhecer o trabalho da Juventude Missionária e querer ser missionária mais verdadeiramente.

Foram apresentadas as outras atividades da Obra da Propagação da Fé, (Famílias Missionárias, Grupos de Animação, Idosos e Enfermos Missionários) bem como das demais Obras Pontifícias. Ao conhecer todo o conteúdo da JM os participantes ficaram responsáveis de dar a boa notícia às suas paróquias com o desejo de implantar grupos em toda a diocese de Caratinga.


A missão é universal. Atrás das montanhas de Minas Gerais têm o mundo inteiro que precisa ser evangelizado. Somos jovens em estado permanente de missão”, afirmou padre Júlio César de Souza Pereira, coordenador do Conselho Missionário de Caratinga. Ele estava feliz pelo êxito do encontro e animado em promover a implantação da JM nas Paróquias.

Com informações da JM em Minas Gerais.

Nenhum comentário: