terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

JM do Rio Grande do Norte realiza 1ª Assembleia Estadual


No dia 16 de fevereiro, a Juventude Missionária (JM) do Rio Grande do Norte reuniu 34 jovens coordenadores e assessores, representantes de doze grupos de JM, dos municípios de Natal, Extremoz, Pureza, Touros, Angicos, Passe e Fica e Serrinha, onde as experiências missionárias estão sendo cada vez mais exitosas.

A assembleia teve como objetivo a partilha de experiências de como cada grupo vive a identidade, o carisma e espiritualidade da JM, e a construção do planejamento 2014 com enfoque nas áreas de Articulação, Formação e Missão.

Esse ano a Coordenação Estadual dará prioridade as visitas a cada grupo, no intuito de acompanhar o trabalho dos jovens, fortalecendo o carisma e a identidade missionária.

Houve também o repasse da Assembleia Nacional realizada em dezembro de 2013, a partilha da experiência de missão além- fronteiras pelo representante das Famílias Missionárias, Randenclecio Xavier, bem como a participação do Coordenador Estadual da IAM, Gerdson Nascimento, que reforça o que nos pede as POM: desenvolver ações de integração entre as forças missionárias – IAM, JM e FM, bem como junto aos COMIDIs e COMIREs. A JM deve acompanhar e participar do momento da IAM em sua comemoração dos 170 anos e a preparação para o I Congresso Americano.

A assembleia apontou três prioridades para o ano de 2014:
1 - Na área de formação: Que todos os grupos de JM estudem as Diretrizes da JM, construída na Assembleia Nacional;
2 - Na área de Articulação: Que todos os grupos realizem atividades integradas entre a JM, IAM e FM, pois junto as POM somos uma só família em missão;
3 - Na área de Missão: Que cada grupo promova uma ação missionária de acordo com a sua realidade, bem como participe das missões planejadas pela Família Missionária e da Missão Paroquial em Touros (RN).


Tivemos ainda o repasse das orientações quanto ao preenchimento do Cadastro Nacional de Grupos de Jovens promovido pela CNBB, uma vez que a JM não é movimento, nem pastoral, o tipo de grupo deverá ser esclarecido no campo descrição.

A JM deve desenvolver suas atividades missionárias em comunhão com a nossa Igreja de Natal, Mossoró e Caicó, e a Igreja do Brasil. Estando atentos aos apelos, onde na Igreja particular de Natal, o bispo convida a todos ao estudo do Catecismo da Igreja Católica, e a Igreja do Brasil nos coloca o desafio de vivenciar a CF 2014, que traz a tona uma realidade muito próxima de nossos grupos. Na certeza de um ano desafiador, mas com muito entusiasmo e amor pela missão, finalizamos a assembleia, prontos para seguir de mãos dadas por uma Igreja toda missionária.

Maria Josiane da Costa
Coordenadora Estadual da JM/RN

Nenhum comentário: