quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Missão Jovem de Verão agita São Miguel dos Campos, em Alagoas


“Ide sem medo para servir!”. Motivados por esse apelo do Papa Francisco, cerca de 440 os jovens missionários de Alagoas e a delegação de Jaboatão dos Guararapes (PE) se colocaram a serviço da comunidade de São Miguel dos Campos, entre os dias 24 e 26 de janeiro, participando da Missão Jovem Estadual de Verão.

A acolhida alegre e carinhosa da comunidade contagiou os jovens que rapidamente sentiram-se membros de uma nova família. O Espírito Missionário tocou os corações já na missa de envio repleta de jovens os quais, numa atitude de humildade, sentaram-se no chão para ouvir a Palavra e participar da Ceia do Senhor, emocionando a grande quantidade de pessoas da comunidade presente.


O sábado foi marcado por visitas missionárias emocionantes com as famílias que partilharam um pouco de sua fé, de suas vidas, de sua realidade muito marcada pelas dificuldades do mundo das drogas e da violência que assolam tantos jovens e destroem tantas vidas. O bispo da Diocese de Penedo, Dom Valério Breda, que participou das atividades do sábado à noite, celebrando a Santa Missa e do lual missionário, destacou que a presença de jovens que, por amor a Cristo, deixam o conforto e a segurança de suas casas para irem ao encontro daqueles que estão nas “periferias humanas existenciais” é testemunho verdadeiro do discípulo missionário de Jesus, levando esperança aquelas famílias, dizendo ainda estar muito feliz por ver tantos jovens “da melhor qualidade” assumindo o papel que a Igreja lhes confia, de serem anunciadores do Evangelho em todos os povos.

Após a missa do sábado à noite, foi iniciado o lual missionário, com apresentações preparadas pelos jovens locais e também pelos jovens visitantes. Entretanto, durante esse lual, um homem da comunidade foi baleado a cerca de 200 metros e na tentativa de se salvar correu coincidentemente em direção ao lual buscando se proteger. Houve sustos, tumultos, mas graças a nossa presença e a presença de Deus o atirador não continuou perseguindo o homem. O rapaz foi socorrido e levado ao Hospital Geral do Estado no qual se constatou que ele estava morto, sendo então encaminhado ao IML. Já estavam providenciando o velório quando a mãe dele recebeu a notícia de um milagre: que seu filho estava vivo! Foi reencaminhado ao hospital, foram feitas as cirurgias para retirada das balas, e o rapaz se encontra bem.

Apesar do triste acontecimento e do tumulto, a solidariedade dos nossos jovens e das pessoas da comunidade empenhados em ajudar uns aos outros foi uma linda lição de amor ao próximo. Diante do ocorrido, restava-nos decidir entre parar e desistir ou perseverar confiando no poder de Deus e sendo verdadeiros missionários. Guiados pelo Espírito Santo, protagonista da Missão, vários jovens decidiram continuar, sem medo e servindo, foi esse testemunho que revigorou nossas forças, reanimou a comunidade e mostrou tudo que vem de Deus e que é feito para Ele não pode ser destruído, não pode desfalecer. O coordenador estadual, Lucas Ferro, foi um dos jovens que deu seu testemunho e motivou os outros a não desistirem: “essa missão nos testou, foi um momento de prova onde ou a omissão ou a missionariedade falaram mais alto, que orgulho de tantos jovens missionários que se manterem firmes na fé, solidários com o outro e partilhando a suas vidas com as pessoas de São Miguel até o fim.”

Também a jovem Sisirlaynne Cristina, coordenadora da IAM na Diocese de Penedo, partilhou sua experiência: “Em meio a tudo que aconteceu, posso dizer que isso me incentivou a querer ainda mais evangelizar no desejo sem fim de transformar esse mundo em algo bem melhor: um mundo de violência em um mundo de amor! Senti reacender a chama missionária que mora dentro de mim.

Assim, continuamos nossas atividades missionárias no domingo logo cedo com encontros com as crianças da comunidade que conheceram um pouco do carisma, história e objetivos da Infância e Adolescência Missionária e foram convidadas a participarem desta obra divina. A resposta dessas crianças foi a mesma que vem sendo dada há mais de 170 anos em diversos países do mundo: “Sim, Eis-me aqui!”. A alegria das crianças nos contagiou, e mais vez nos mostrou o quanto vale a pena ser missionário! No próximo sábado já teremos encontro de formação para os novos assessores.

A partilha da missão com as famílias que acolheram os missionários é sempre o momento mais emocionante e dessa vez não foi diferente. Foram vários os depoimentos amorosos e tocantes das famílias que acolheram e dos jovens que ganharam novas famílias. Emocionadas as famílias sentiam saudades de seus novos filhos e agradeciam o sim missionário por eles dado.


Após a partilha, os jovens seguiram animados, cantando, louvando e dançando pelas ruas da cidade, no arrastão missionário que contagiou a comunidade que logo nos acompanhou. A alegria dos missionários arrancaram sorrisos de todos os que passavam pelas ruas e mostraram o quão feliz é o coração daquele que tem Jesus Cristo em sua vida.

Encerrando as Festividades de São Sebastião e a Missão Jovem a Santa Missa, impelia a comunidade a continuar a missão, a não desfalecer na partilha do amor, e na doação de suas vidas pelo outro. Após a celebração, a procissão de São Sebastião refez os caminhos do rapaz que fora baleado, vindo no momento de desespero a casa de Deus.

Por fim damos graças a Deus por nos ter dado essa vocação missionária, damos graças por ter confiado a nós a continuidade da Missão de seu Filho Jesus Cristo de fazer discípulos todas as nações. Também queremos agradecer a cada jovem missionário que se colocou humildemente a serviço e principalmente agradecemos a comunidade de São Miguel dos Campos pela acolhida e pelo o amor com que nos receberem, de forma especial agradecemos ao Bispo da Diocese de Penedo Dom Valério, por acreditar no protagonismo missionário dos jovens, ao Pe. Geraldo e Pe. Daniel que veem apoiando enormemente a JM em São Miguel dos Campos e que não mediram esforços para que tudo ocorresse da melhor forma possível nessa missão, certamente seus exemplos de pastores nos deu fortaleza e ânimo para continuarmos!

E certamente nada disso poderia ter sido realizado se não fosse pelo trabalho da Juventude Missionária de São Miguel dos Campos, que não mediu esforços para que tudo desse certo, e que contou também com o apoio dos outros movimentos da comunidade, principalmente os jovens membros do JUACRI, grupo de jovens da Pastoral da Juventude, e do Ministério Jovem. A coordenadora paroquial da JM de São Miguel, Laryssa Ferreira, emocionada com a Missão agradeceu de forma especial aos membros de seu grupo “que saíram visitando casa por casa, embaixo de chuva, embaixo de sol, sem desanimar, buscando casas para acolher os missionários, buscando lanches para as partilhas, organizando tudo...”, e completou dizendo ainda: “os missionários que vieram de fora puderam ver o quanto precisamos de deles, e nós pudemos ver o quanto precisamos da JM”.

Ao jovem coordenador estadual Lucas Ferro, agradecemos toda força, ânimo, confiança e ardor missionário que nos transmite e nos ensina, sua fé nos contagia! Ele conclui dizendo que “ser missionário é ir sem medo para servir.”

Luane Lira, coordenação da Missão Jovem

Nenhum comentário: