sábado, 14 de dezembro de 2013

Juventude Missionária estuda Leitura Orante da Bíblia


Representantes das diversas atividades da Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF) reunidos em Assembleia, em Brasília (DF), receberam na manhã desta sexta-feira, 13, a assessora da Comissão para a Amazônia da CNBB, Irmã Irene Lopes, que conduziu uma reflexão sobre espiritualidade missionária. O estudo se concentrou na Leitura Orante da Bíblia, um dos métodos populares de ler a Palavra de Deus.

Irmã Irene apresentou o Manual de Lectio Divina para Jovens Discípulos Missionários da Vida, publicado pelas Sociedades Bíblicas Unidas. Em seguida explicou que a prática pode ser feita de forma pessoal, mas se aconselha fazê-la em comunidade através de quatro passos: leitura, meditação, oração e contemplação.

A religiosa destacou também, a necessidade de um amplo acesso à Sagrada Escritura por parte do povo. “Para se ter bom êxito na Leitura Orante, temos que, primeiramente, criar um espaço externo e interno de silêncio, ter uma atitude de fé em acreditar que o texto bíblico é inspirado, assim como quem o lê também é. Devemos ter abertura de coração para ouvir e entender a palavra e invocar o Espírito Santo para o dom do entendimento”, ressaltou a assessora. Ela recomendou escolher o texto com antecedência e evitar textos longos. “Devemos ler o texto como se fosse a primeira vez e, logo após, meditar sobre o que foi lido e recontar a nós mesmos retomando o texto sempre quando necessário, anotando e sublinhando os aspectos necessários. É importante executar os quatro passos e dividir o tempo para que todos sejam executados”, completou.

Após receber as orientações os participantes da Assembleia se organizaram em grupos para, em base à leitura do Evangelho de Mateus (19, 16-22), responder algumas perguntas propostas pelo Manual de Lectio Divina. O resultado dos trabalhos foi partilhado em plenária.

Célia Serafim de Souza Miranda mora em Barra do Garças e representa a JM no Mato Grosso, estado que conta com pelo menos seis grupos atuantes. Para ela, chama a atenção “a forma como se faz a Lectio divina. É um método que ajuda a não somente ler, mas compreender e repassar os ensinamentos aos demais jovens”. Célia revela que já vem utilizando o método e diz que essa prática lhe traz muita paz interior e com a família.


O estado de Pernambuco é formado por dez dioceses e em pelo menos sete delas têm grupos de Juventude Missionária. Jadson Bezerra, coordenador da JM no estado destaca que, “o contato diário com a Palavra de Deus é fundamental na vida do missionário. Esse contato pode ser obtido com a Leitura Orante, uma forma dos jovens lerem a Bíblia. O mais importante de tudo que foi exposto pela Irmã Irene é a vivência da Palavra na missão que pode transformar a nossa realidade e a dos outros a partir daquilo que se lê e se reflete da Bíblia”, diz Jadson. Ele conta que “os ‘lectionautas’ são aqueles pessoas que têm o hábito de fazerem diariamente ou pelo menos uma vez por semana, a Lectio Divina.

Reunidos por macrorregiões os coordenadores partilharam as conquistas e desafios encontrados nos estados. Definiram ainda a planificação das atividades para 2014. Cursos de formação para coordenadores e assessores, encontros de intercâmbio, articulação e animação missionária e divulgação dos trabalhos, são algumas das principais ações planejadas.

Participam do encontro anual todos os coordenadores estaduais da Juventude Missionária (JM), além de representantes das Famílias Missionárias, Grupos Missionários, Idosos e Enfermos Missionários. Esta é a 6ª Assembleia Nacional e tem como tema: “Juventude em Missão”, e lema: “A quem eu te enviar, irás”, a mesma temática da Campanha Missionária 2013. Os trabalhos que iniciaram nesta quinta, 12, encerram no domingo, 15, com uma missa presidida por dom Valdir Mamede, bispo auxiliar de Brasília e referencial para a Missão no Regional Centro Oeste da CNBB.

FONTE: POM - 13/12/2013

Nenhum comentário: