terça-feira, 8 de outubro de 2013

Juventude Missionária (JM): Um jeito jovem de ser missionário


Este ano, a juventude do Brasil foi abençoada com momentos significativos em seu processo de evangelização. Com a Campanha da Fraternidade (CF 2013) nos colocamos à disposição para responder como o profeta: “Eisme aqui, envia-me!” (Is 6,8). A Semana Missionária, realizada em todas as dioceses como parte da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio 2013), foi uma pequena amostra do nosso envio pelo Brasil. Agora, com a Campanha Missionária do mês de outubro, somos desafiados a irmos também além fronteira a outros lugares para os quais Deus nos envia, como o profeta Jeremias foi enviado: “A quem eu te enviar, irás” (Jr 1, 7b).

A Juventude Missionária (JM), animada pelas Pontifícias Obras Missionárias, quer manter vivo o espírito missionário universal dos Jovens e ajudá-los a realizar a própria missão, local e universal.

Assim, a JM torna-se uma das opções juvenis na Igreja e se caracteriza fortemente pela sua dedicação às missões em todo o mundo. Para isso, utiliza uma metodologia que integra quatro áreas: ver, iluminar, agir e celebrar, o que provoca nos jovens uma unidade entre a oração e a ação, como bem afirmou o papa Bento XVI em sua mensagem para a quaresma deste ano: “a oração sem a caridade é como árvore sem fruto”.

Nenhum comentário: