sábado, 12 de outubro de 2013

Juventude frente aos desafios em busca de dignidade



A juventude tem sido o centro das atenções nos últimos anos. Podemos dizer que nunca antes se debateu tanto sobre questões relacionadas a ela, como acontece hoje por entre as instituições brasileiras. A escola, o governo, as instituições religiosas vêm dando uma importância enorme ao tema. Por outro lado, percebemos que as grandes temáticas que envolvem a juventude nem sempre condizem com sua realidade. Precisamos estar atentos para os verdadeiros anseios da juventude brasileira, especialmente no que diz respeito àquilo que garanta vida digna, de qualidade e em abundância para todos/as.

Hoje, a juventude enfrenta toda sorte de violência. Sem dúvida, a ausência de políticas públicas agrava essa realidade. Jovens morrendo e matando todos os dias. Jovens sem-terra, sem moradia, sem emprego, sem escola ou nenhum processo educacional. A educação está cada dia mais precária e há muitos jovens dependentes químicos, subempregados, trabalhando mais que o permitido e ganhando menos que o necessário para viver. Frente a essa realidade, precisamos refletir e gerar processos de transformação.

Nenhum comentário: