segunda-feira, 2 de setembro de 2013

JM de Regente Feijó (SP): “12 anos de paixão pela missão”


O dia 23 de agosto de 2013, foi uma data muito especial para o grupo da Juventude Missionária (JM) de Regente Feijó/SP, nessa data, completam 12 anos de caminhada na paróquia, e a consolidação de uma história de luta, amor e doação. 

Durante esse tempo muitas coisas aconteceram, muitas pessoas passaram, muitos trabalhos foram realizados, parcerias firmadas, e uma vida de missão formada dentro de cada participante. A JM hoje é realidade em todo o território brasileiro, mais a doze anos atrás nada se falava sobre esse trabalho, passamos por muitas dificuldades e cobranças, por “existirmos sem base, e estrutura”. 

Quando tivemos contato com a POM um sentimento de conquista veio a tona, pois daquele momento em diante sabíamos que não seríamos uma “Obra sem mãe”, e com essa parceria crescemos e nos firmamos no cenário missionário da região. Muitos trabalhos foram iniciados, e alguns perduram até hoje, como nossas missões junto ao Movimento do Sem Terra (MST), ou os intercâmbios missionários com paróquias irmãs. 

Tanto foi essa dedicação ao trabalho da JM que tivemos o prazer e felicidade de coordenar a caminhada da Obra no Estado de São Paulo durante seis anos, através da minha representatividade, tempo esse no qual consegui levar um pouco do amor pela JM a cada canto do estado, e olha só, um grupo antes dito como “solto no mundo”, fazendo história, e levando o nome da pequena cidade de Regente Feijó para os quatro cantos do Brasil. 


Tenho prazer em dizer que somos o grupo mais antigo a caminhar com o carisma da Pontifícia Obra da Propagação da Fé no Brasil, não por status, muito menos por título, mais por acreditar em um sonho e no protagonismo da juventude. Dificuldades passamos muitas, mais sempre tivemos anjos em nosso caminho que ajudaram a fazer com que a caminhada ficasse menos pesada. 

E como sempre digo, “devo meu existir a JM”, pois sempre será o amor da minha vida, a razão pela qual já enfrentei diversos problemas, e algumas estruturas da nossa Igreja, mais sempre o que me faz bem, é ver o olhar de cada missionário que passou por esse grupo dizendo que aqui teve a certeza de ser feliz. 


Obrigado Deus, por nos permitir conduzir e caminhar com tão apaixonante Obra durante esses doze anos. Obrigado paróquia de Regente Feijó pelo acolhimento em nossas missões, partilhas quando necessitávamos de ajuda, e acima de tudo respeito e parceria com nosso trabalho. Obrigado Diocese de Presidente Prudente e ao Estado de São Paulo pelas responsabilidades cedidas a nosso carisma, e um obrigado com o mais forte do meu existir a todos os jovens que fizeram a base dessa família, vocês fazem parte de todas nossas conquistas.

Que venham mais 12 anos de amor, doação pela missão. Pois “ser jovem missionário, é carregar a certeza de ser FELIZ!”

Tiago Geraldini Scalco 
Assessor da JM no Estado 

Nenhum comentário: