quinta-feira, 18 de julho de 2013

Juventude Missionária participa da Semana Missionária em São Gonçalo (RJ)


A Semana Missionária que antecipa a JMJ Rio 2013 promove várias atividades em diversas cidades do país. O objetivo é incluir as dioceses no caminho da JMJ e, assim, dar aos jovens peregrinos a possibilidade de compartilhar com as comunidades locais momentos de espiritualidade, cultura e solidariedade.

A cidade de São Gonçalo (RJ), a 50 km do Rio de Janeiro, foi escolhida para receber os jovens da Juventude Missionária (JM) ligadas às Pontifícias Obras Missionárias (POM). As famílias das paróquias Sagrado Coração de Jesus - no bairro Mutondo - e Nossa Senhora do Amparo - bairro Antonina – acolhem pelo menos 100 jovens da JM vindos do Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Estados Unidos, Porto Rico, Costa Rica, Equador, Guatemala, Nicarágua, Antilhas, Venezuela, Peru, México, Espanha e Angola.

Este encontro é muito interessante para criar amizade e um caminho comum unindo os jovens no mesmo desejo. Apesar das dificuldades de comunicação, no final do dia todos estão felizes”, diz padre José Orlando Camacho, diretor das POM de Porto Rico. “Se não fosse por essa iniciativa das POM, muitos destes jovens não viriam à JMJ”, observa o padre.

Nos Estados Unidos a JM é mais forte entre os latinos, explica Marilyn Santos, diretora da Educação Missionária nas POM e responsável pelas Obras da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e Propagação da Fé naquele país. “O que estamos vivendo aqui na Semana Missionária é muito bom para motivar a JM. Precisamos dedicar mais tempo aos jovens”, avalia.

Elieth Valle Lanzo e Orlando José Miranda, secretário nacional das POM, vieram da Nicarágua. Eles contam que naquele país as POM trabalham a dimensão missionária nos grupos de Pastoral da Juventude. “Este encontro é muito positivo e rico, por que nos dá mais força para ajudar a criar consciência missionária nos grupos. Estou feliz em partilhar minha experiência com colegas de vários países”, comenta Elieth.

Para Orlando José a experiência traz muitos ensinamentos. “É uma maneira de conhecer a cultura e o trabalho da JM nos outros países. Certamente levaremos para casa ensinamentos para fortalecer os grupos”.

A adolescente Andriele Sales acompanha todos os passos dos jovens peregrinos. “Faço isso com muito prazer. É uma experiência grande receber jovens diferentes. Abrir a casa para receber pessoas significa abrir também o coração para acolher”, diz Andriele.

Carla Fernanda, catequista e responsável pela pastoral do acolhimento na paróquia Nossa Senhora do Amparo, destaca a simplicidade dos jovens. “Eles chegaram e demonstraram muita confiança nas famílias que os receberam sem conhecê-los”, sublinha. “Isso criou uma nova atmosfera nas famílias”.


A programação da Semana Missionária inclui três momentos: atividades culturais, espiritualidade e solidariedade missionária; e é realizada também nas dioceses que não têm a presença de jovens estrangeiros. Os peregrinos estrangeiros foram acolhidos em mais de 150 cidades do Brasil.

Sede Missionária das POM
Durante a JMJ Rio 2013, nos dias 23 a 26 de julho, as POM manterão uma Sede Missionária, no Museu Solar do Jambeiro em Niterói (RJ). O espaço oferece uma programação especial que inclui um Encontro Internacional da Juventude Missionária (23/07); Exposição "Maria Mãe de todos os Povos" (23 a 26/07); Exposição "Por uma Igreja toda Missionária" (23 a 26/07); Adoração Eucarística e Espiritualidade Missionária (23 a 26/07). Ao mesmo tempo, as POM também estarão presentes na Feira Vocacional que reúne mais de 100 expositores, na Quinta da Boa Vista.
Endereço: Rua Presidente Domiciano, 195 - Boa Viagem.

FONTE: POM - 18/07/2013

Nenhum comentário: