terça-feira, 23 de julho de 2013

#JMJRio2013: Jovens de todo o mundo se reúnem no Encontro Internacional da JM


A cidade do Rio amanheceu nesta terça-feira (23) com um clima agradável, após a calorosa recepção do Papa Francisco no Rio de Janeiro, sede da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). E precisamente são os jovens que se vêm por todas as partes, no Rio e nas cidades próximas; assim acontece em Niterói, situada a 15 quilômetros e que se chega atravessando a larga e pitoresca ponte, que se converteu em sede missionária.

Aqui, na Paróquia de São Domingos, estão alojados os representantes das diferentes Pontifícias Obras Missionárias do mundo, que, além de participarem dos eventos centrais a JMJ, participam de atividades missionárias como a que foi realizada hoje: o Encontro Internacional da Juventude Missionária (JM).

Jovens do Brasil, Bolívia  Chile, Espanha, Angola, Argentina, Paraguai, Costa Rica, Porto Rico, Antilhas, Estados Unidos, Peru, Venezuela, Nicarágua e Guatemala marcam presença nas atividades desenvolvias no Museu Solar do Jambeiro, na Arquidiocese de Niterói.

O diretor das POM do Brasil, Padre Camilo Pauletti, deu as boas vindas: “Estamos muito felizes com este momento de convivência e fraternidade, vivendo nosso carisma, nosso espírito missionário e pediremos a Deus que nos abençoe para seguir animados, acreditando que as Pontifícias Obras Missionárias são importantes para a vida da Igreja."

Desde a Jornada de Madri, nós como POM, estamos pensando neste momento para a JMJ e muitas pessoas ajudaram a troná-la possível, este é um momento de intercâmbio e de conhecer a realidade das diferentes Obras Missionárias Pontifícias pelo mundo.”, comentou o Secretário da Pontifícia Obra da Propagação da Fé no Brasil, Padre Marcelo Gualberto. Para finalizar recordou os quatro eventos que as POM animaram em Niterói: as exposições "Maria Mãe de todos os Povos” e "Por uma Igreja toda Missionária", o Encontro Internacional da Juventude Missionária e a adoração eucarística diária na Paróquia de São Domingos.


FONTE: POM da Argentina - 23/07/2013

Nenhum comentário: