quinta-feira, 25 de julho de 2013

#JMJRio2013: Feira Vocacional atrai jovens com música, confessionário e diversão



A Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, zona norte do Rio, recebe um dos eventos oficias da Jornada Mundial da Juventude (JMJ): a Feira Vocacional. O mau tempo não afasta os milhares de peregrinos que encontraram 50 confessionários, estandes vocacionais, uma tenda acústica, uma parede de escalada e tirolesa.

Os integrantes das tendas de instituições católicas de diversas nacionalidades se apresentavam aos peregrinos pelos seus nomes e costumes. Os peregrinos usavam camisas comemorativas da JMJ, carregavam bandeiras de seus países e entoavam canções católicas. O evento conta, ainda, com algumas ambulâncias para possíveis emergências, banheiros químicos e viaturas da Força Nacional reforçam a segurança dos visitantes.


Chamado à vocação
Quando adolescente, Adriana percebia uma estranheza no seu mundo. Via que aquilo que  os outros jovens viviam não a completava. “Faltava alguma coisa dentro de mim”, diz ela. Foi quando entendeu que Deus a estava chamando e “impulsionando a viver de uma forma mais radical o Evangelho”.

Fui me encontrando, e quando vi que de fato essa era a vontade de Deus, que aquilo me fazia feliz, vi que Deus me queria nesse mundo toda para ele", disse a jovem.


A irmã Adriana esteve na manhã desta terça-feira em uma banca da congregação Carmelitas Mensageiros do Espírito Santo, montada na Feira Vocacional da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) na Quinta da Boa Vista. Ela e milhares de outros fiéis conversam e percorrem as tendas, barracas e atividades em busca da aproximação comunitária e da maior afinidade com sua fé.

A vocação a ser resgatada é a comunidade de vida. você deixa a vida para viver em comunidade, tal qual os apóstolos”, conta a voluntária Haissa Mendes, 21 anos, voluntária que acompanhava a passagem de som de uma banda de escoteiros em um palco montado na Quinta.

A poucos metros dali, pessoas se exercitavam em jumps disponibilizados pela prefeitura e outros passeavam em quadriciclos coletivos ao lado de filas de fiéis que esperavam sua vez de se confessar no confessionário poliglota do parque.

O objetivo da feira é o cultivo da fé dos cristãos, mas a conversão para uma vida inteiramente dedicada ao mundo espiritual é um percurso escolhido só por alguns. “Não temos interesse em seguir, mas temos muita fé e queremos mostrar para os outros”, contou Igor Alves, 19 anos, estudante de Brasília. “É o dom de servir a Deus que pode surgir por meio da feira”, disse sua amiga e conterrânea Gabriela Souza de Oliveira, 19 anos. Ela também é estudante e não pretende fazer da fé uma profissão oficial, mas um pilar da vida leiga.

O jovem, que pode ser um leigo consagrado, vai ser enfermeiro (por exemplo), mas vai ser enfermeiro de uma forma diferente, porque ele vai encontrar um amor que impulsiona o meio profissional que está vivendo, então ele vai se destacar, porque tem algo diferente nele. Esse diferente é a espiritualidade, porque ele encontrou a vontade de Deus”, resume a irmã Adriana.


Para outros, as feiras vocacionais servem para aprofundar uma crença enraizada desde cedo. É o caso de Jeferson José Pereira, 26 anos. “É uma certeza que tenho desde os 6 anos. A gente encontra dificuldades, mas Deus sempre encontra um modo de nos puxar pelas orelhas”, conta ele, que luta contra o reumatismo que o afastou temporariamente da formação para seguir a vida religiosa. “Não estava conseguindo me doar (por causa da doença), mas estou decidido a seguir a carreira de sacerdote”.

Presença das POM
As Pontifícias Obras Missionárias (POM) também marcam presença na feira, com o objetivo de divulgar o trabalho da Igreja em sua dimensão universal. Diversos jovens já passaram pela tenda, além de membros da Infância, Adolescência e Juventude Missionárias de diversas nacionalidades como Cuba, Itália, Uruguai, Argentina, Estados Unidos e Angola.

A Feira Vocacional na Quinta da Boa Vista vai até a próxima sexta-feira, 26, quando o papa Francisco estará presente no local para ouvir a confissão de cinco jovens de diversas nacionalidades.

Com informações do Portal Terra e JMJ Rio 2013

Nenhum comentário: