sexta-feira, 19 de julho de 2013

#JMJRio2013: Check list


Ao longo desses dias que antecedem a viagem anote tudo o que lembrar que está faltando. Isso será fundamental às vésperas do embarque. Confira as dicas, entre no site de sua diocese, converse com quem já esteve em outras jornadas, partilhe informações com o seu grupo e prepare-se para viver o sonho de Deus para sua vida nessa Jornada.

- Não se esqueça do básico: documento de identidade (e cópias autenticadas), passaporte, dinheiro, seguro pessoal de saúde (se você o tiver). Faça cópias da sua documentação. Leve uma com você em um local diferente de onde estarão os originais e deixe uma cópia em casa. Tire xerox ou escaneie as passagens, confirmação de inscrição, voucher, passaporte e tudo mais que lembrar.

- Os itens pessoais como documentos, dinheiro (lógico), itens eletrônicos e objetos pessoais devem ser levados na bagagem de mão. Coloque um conjunto de roupas para uma troca, para um caso de necessidade (extravio de mala, etc). Verifique a legislação quanto ao transporte de líquidos que podem ser levados no voo.

- Chegue cedo ao aeroporto. Para os voos internacionais, a recomendação é de três horas de antecedência. Pode até parecer tempo perdido, mas estar entre os primeiros a fazer o checkin pode salvar você de várias situações indesejadas.

- Verifique o peso e quantas malas são permitidas pela companhia aérea, para não correr o risco de ser cobrado por excesso de bagagem. Não esqueça o saco de dormir (tapete, lona ou isolante térmico). Barracas não serão permitidas.

- Leve pequenas lembranças do seu país, como pins e bandeiras para trocar durante a Jornada. É uma das partes mais divertidas. Você voltará para casa recheado de lembranças de outros países.

- Anote o endereço do consulado e um número de operadora para ligar a cobrar de onde você estiver para o seu país de origem. Conserve sempre com você também o endereço de seu alojamento e o contato de alguém responsável pelo grupo.

- Viaje com roupas confortáveis, mas não use bermudas, chinelos, etc. A boa apresentação conta muito na hora da imigração.

- Leve filtro solar, óculos de sol, chapéu, repelente e roupa de praia. Como itens extras chinelo para o banho (caso você o tome em colégios, paróquias…), lanterna e adaptador para tomadas

- No caso de uso de medicação que necessite de receita médica, leve a prescrição do médico com a indicação para o uso. Monte também seu kit ‘farmacinha’ básico com analgésicos, antialérgicos, antiácidos, etc.

- Para quem usa lente de contato, procure levar um par adicional, mesmo que a sua de uso normal não seja descartável.

- Isso é muito importante para trânsito em viagens: não carregue nada de ninguém; não tome conta de um pacote ou mala. Se a pessoa disser algo tipo “Pode tomar contar disso para mim enquanto vou ao banheiro?”, a resposta é não. Não ajude com a bagagem, especialmente na hora de passar na alfândega. Você não precisa ser mal educado, ao contrário, diga com muita educação: “sinto muito, não posso ajudá-lo no momento”. Na hora de viajar, cada um é responsável por seus pertences. Da mesma forma, não deixe nada seu com ninguém.

Como preparar a mala
No momento de pensar nas roupas, analise os seguintes fatores: o clima no Rio de Janeiro é tropical e você estará em uma região de praia. Pense em roupas e calçados confortáveis. Não esqueça um agasalho.

Kit Peregrino: tenha em conta que no Kit Peregrino estão inclusas duas camisas, boné; materiais litúrgicos, mochila, squeeze...

Durante a Vigília, no sábado à noite em Campus Fidei, você passará uma noite a céu aberto. Embora o clima seja tropical, julho é inverno no Brasil e faz frio à noite.

O que fazer para não esquecer nada? Comece por ordem, desde os pés até a cabeça e coloque tudo em sua mala/mochila (roupa íntima, roupas comuns).Recorde-se da roupa adicional: casaco impermeável ou capa de chuva, chinelos(de praia), chapéu ou algo que proteja a cabeça do sol.

Cuidados durante a Vigília e Missa de Encerramento
Use sapatos baixos (tênis) fechados e confortáveis, não use sandálias; você vai andar bastante e o local é de terra e grama; quando estiver descansando, eleve suas pernas.

Não deixe de usar boné, repelente e protetor solar. Reaplique o filtro solar e repelente sempre que necessário (não deixe de colocá-los na mochila).

Leve na mochila capa de chuva, uma muda de roupa extra e agasalho pois, caso chova, você terá como se proteger e trocar de roupa caso se molhe; além disso, como o local é aberto, durante a noite pode esfriar e você sentirá falta de um agasalho; estas medidas evitam que você tenha problemas devido ao frio.

Não esqueça o saco de dormir e se possível um isolante térmico para colocar embaixo dele na hora do seu descanso.

Leve na mochila lenços umedecidos e álcool em gel para higiene das mãos quando não for possível lavá-las. Isso pode ser comprado no Rio de Janeiro.

Beba bastante água, não deixe de se alimentar e de descansar quando possível.Não leve nada supérfluo na mochila ao ir para o local da vigília, para evitar um peso desnecessário; o peso extra ao fazer uma longa caminhada e ao ficar muito tempo em pé se torna desconfortável e pode ser causa de mal estar.


Segurança
Não esqueça de trazer um documento com foto! Esse documento deve ficar sempre com você. NUNCA DEIXE ESSE DOCUMENTO NA BAGAGEM! Antes, durante e depois da JMJ, ande sempre com seu DOCUMENTO.

Tome cuidado com objetos de valor como máquinas fotográficas, filmadoras e telefone celular, etc.Leve os objetos mais importantes e documentos como bagagem de mão, além de uma muda de roupas.

Tenha sempre papel com telefones de emergência (da sua família, da pessoa responsável pelo seu grupo, etc.)

Uma boa dica é usar cinto de viagem (para carregar dinheiro dentro da calça e documentos)Cadeados para a mala.

Dinheiro, tanto em espécie como cartão, para qualquer emergência.

Tiras coloridas de tecido ou fitas para serem amarradas nas malas e mochilas. Isso facilita a identificação da bagagem e dificulta a ação dos ladrões.

Identifique o local do consulado do seu país e anote endereço e telefone. No caso de estrangeiros, as ocorrências de perda e furto de documentos, bolsas e objetos pessoais em aeroportos, hotéis, transportes públicos, restaurantes e, em particular, nas ruas do Rio podem ser tratadas também nos consulados. 

FONTE: JMJ Rio 2013

Nenhum comentário: