segunda-feira, 22 de julho de 2013

#JMJRio2013: Celebração encerra Semana Missionária em São Gonçalo (RJ)


Pelo menos 10 mil fiéis entre adultos e jovens estrangeiros e brasileiros, se reuniram no Recanto do Senhor, espaço de encontro na cidade de São Gonçalo (RJ), para uma celebração que encerrou a Semana Missionária. Estes jovens viveram a experiência em preparação à JMJ nos vicariatos de Alcântara e São Gonçalo na arquidiocese de Niterói que realizou celebrações também em outras paróquias. A Juventude Missionária ligada às POM marcou presença com cerca de 100 jovens de 15 países.

A missa foi presidida por dom José Francisco, arcebispo de Niterói e concelebrada por outros dois bispos peregrinos e uma centena de padres e diáconos.

Somos de diferentes países, culturas e línguas, mas partilhamos a mesma fé e amor por Jesus. Todos nos alimentamos no encontro pessoal com Jesus Cristo através de sua palavra e do Pão vivo na Eucaristia”, disse dom José Francisco Rezende Dias ao iniciar sua homilia proferida em português e traduzida para o inglês. Comentando o Evangelho sobre a visita de Jesus à casa de Marta e Maria, o bispo destacou a hospitalidade e o serviço. “Marta recebeu Jesus e Maria ficou sentada aos seus pés escutando a sua palavra. Jesus é acolhido pelas duas irmãs e conversa com Maria. Marta continua atarefada fazendo coisas boas para receber Jesus. Num mundo tão agitado pelas preocupações, essa palavra é muito atual. Marta e Maria tiveram atitudes diferentes diante de Jesus. Esta passagem complementa o texto do Bom Samaritano e ensina que devemos fazer gestos de amor ao próximo. Não se trata de fazer por fazer, mas Maria nos ensina que a nossa ação deve ser interpelada pela palavra de Jesus”, sublinhou o bispo.

Antes da missa, um show deu as boas vindas às delegações que chegavam de todas as paróquias de São Gonçalo e Alcântara. Uma peça de teatro sobre a evangelização dos indígenas no século XVI e danças completaram a programação. Após a missa, o show ficou por conta da banda carismática mineira, “Dominus”.

Durante a celebração foi anunciada a presença de Neilton Mulim, prefeito de São Gonçalo, cidade que recebeu jovens de 25 países, mas em nenhum momento da Semana Missionária ou da celebração foram mencionadas questões que envolvem políticas públicas para a juventude no município ou no Brasil. As vozes dos jovens da JMJ parecem destoar das vozes da juventude que recentemente tomaram as ruas para reivindicar melhorias nas políticas públicas. Fica visível uma Igreja mais do louvor do que da profecia.

No entanto, a alegria contagiava o ambiente e a avaliação das atividades foi positiva. “O que vivemos aqui marcará a história da Igreja católica neste município. Poderemos dizer daqui há algum tempo que, para a Igreja católica, existe o antes e o depois da Semana Missionária em São Gonçalo”, afirmou padre André Luís Bastos, assessor arquidiocesano do Setor Juventudes, um dos responsáveis pela programação ao agradecer a presença e participação dos jovens, peregrinos, do clero e lideranças que trabalharam na organização da Semana.

Nesta segunda-feira (22), as atenções se voltam para o papa Francisco que desembarca no Rio de Janeiro por volta das 16 horas para as atividades da JMJ que acontece entre os dias 23 a 28. Hoje à tarde o papa desfila em carro aberto partindo da Catedral até o Teatro Municipal no centro da cidade.

FONTE: POM - 21/07/2013

Nenhum comentário: