terça-feira, 28 de maio de 2013

Juventude Missionária da arquidiocese de Natal realiza encontro



A Juventude Missionária (JM) da arquidiocese de Natal, Rio Grande do Norte realizou neste domingo, 26, mais um encontro formativo e celebrativo com o tema: Juventude e desafios sociais, e lema: Jovens construindo uma sociedade mais justa e solidária a luz do Evangelho. A afirmação de Jesus: "Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância" (Jo 10, 10), serviu de iluminação.

Participaram do evento mais de 90 jovens de diversos grupos da JM para refletir, rezar e dançar animados pela banda “Vida Celeste”. Randenclécio Xavier, coordenador estadual das Famílias Missionárias foi o principal palestrante e os trabalhos contaram com a assessoria do secretário nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, padre Marcelo Gualberto.

A Trindade é o modelo de comunidade que nós enquanto Igreja devemos nos esforçar para viver. Como Juventude Missionária devemos aproveitar os nossos momentos nos grupos e no dia a dia para manifestar esta ‘Comum Unidade’ com o mundo. Devemos estar perto de quem está longe. Ao enviar seu filho ao mundo, o Pai enviou-o a um determinado povo, porém todos receberam o presente da salvação na Cruz”, afirmou padre Marcelo ao refletir sobre a Solenidade da Santíssima Trindade. “Nós jovens missionários, independente do lugar onde estamos, também podemos ajudar a outros jovens e a Igreja a anunciar este grande presente que talvez para muitos ainda esteja velado. Sejamos ‘desveladores’ dos olhos que insistem em não querer conhecer Jesus. Conhecer, para amar, amar para viver e viver para testemunhar este amor”, completou.


Durante o encontro aconteceram quatro oficinas relacionadas ao tema principal: as redes sociais e a responsabilidade ética; políticas públicas para a Juventude; a família como primeira educadora; a infância roubada: violação dos direitos da criança e do adolescente. As oficinas tiveram como finalidade formar os jovens para realizarem ações missionárias em seus grupos ou de maneira individual. A JM está empenhada em guiar o jovem no protagonismo missionário.

“Agradecemos a Deus por fazer possível acontecer esse grande momento de louvor, pois a Ele damos gloria”, afirma Jean Franco, membro da coordenação da JM no estado. “Agradecemos também a todos os jovens que participaram do encontro e aos coordenadores que dedicaram seu tempo e se esforçaram na elaboração e execução das oficinas”, finaliza.

Com informações da JM de Natal (RN).
FONTE: POM - 28/05/2013

Nenhum comentário: