sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Começa, em Brasília, a 5ª Assembleia Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé



A 5ª Assembleia Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé que reúne na sede das Pontifícias Obras Missionárias (POM), em Brasília, coordenadores estaduais da Juventude Missionária do Brasil, abriu seus trabalhos na noite desta quinta-feira, 13, com a partilha das atividades realizadas nas dioceses e regionais de todo o país. Com exceção do Amapá e do Espírito Santo, todos os demais estados do Brasil estão representados, somando cerca de 40 pessoas. Participam ainda alguns representantes das Famílias Missionárias, Idosos e Enfermos Missionários, atividades que também fazem parte da mesma Obra.

Entre as realizações foram destacadas a implantação e organização de grupos de Juventude Missionária (JM) nas dioceses, encontros de formação, assembleias, congressos, seminários, iniciativas de animação missionária nas comunidades e participações em eventos eclesiais. Em base aos relatórios sobre a realidade serão traçados objetivos para a continuação dos trabalhos em 2013, conforme explica padre Marcelo Gualberto, secretário nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé. “Percebemos que foram realizadas muitas atividades e agora a Assembleia tem a finalidade de ver a realidade com suas luzes e sombras, iluminar essas conquistas com a palavra de Deus e planejar a programação que desejamos para o ano que vem. Esse panorama servirá ainda para mapear a o número e atuação dos grupos em todo o Brasil”.

Acompanham os trabalhos da Assembleia o diretor e os demais secretários das POM. “Que este momento de avaliação, partilha e programação fortaleça a caminhada. Esta Obra está em crescimento e é importante o envolvimento e a participação de pessoas que acreditam no trabalho”, destacou padre Camilo Pauletti, diretor das POM. “Certamente, se vocês fazem parte da coordenação é por que acreditam e vão intensificar o trabalho da Obra da Propagação da Fé”, completou.

Assessor executivo da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) para as Juventudes, Frei Rubens Nunes Mota, e a assessora da Comissão para a Ação Missionária da CNBB, Irmã Dirce Gomes, também marcaram presença. “Cresci com a Infância e Adolescência Missionária e depois com a Juventude lá nos Conselhos Missionários do Paraná. Nunca imaginei que tão cedo iria participar de uma Assembleia que reúne a Juventude Missionária e ainda Nacional”, observou Irmã Dirce, e continuou. “Em nome da Comissão Missionária da CNBB quero manifestar a nossa alegria com a presença de todos nesse compromisso de solidariedade e vida, atitude própria da Juventude. O desejo é de que essa Obra cresça sempre mais a serviço da Igreja para a propagação da fé”.


Uma missa presidida pelo padre Camilo Pauletti, abriu os trabalhos na manhã desta sexta-feira, 14. “Estamos neste mundo para sermos sinais de Deus. Há muitas situações que influenciam a nossa vida. Nem sempre fazemos as melhores escolhas. Às vezes não queremos mudar e ser missionário exige muito de nós, o desapego, acolher o novo, saber caminhar com os outros. Isso nem sempre é fácil”, refletiu o padre. “Estamos aqui para partilhar a caminhada, para aprender e agradecer pelas coisas boas. Ao mesmo tempo, enfrentar os desafios. Hoje recordamos São João da Cruz que foi um homem de oração, de contemplação. Sem uma mística não será fácil viver a missão”, sublinhou.

Na manhã desta sexta-feira, o secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, conduz um momento de espiritualidade missionária com o tema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações!” (Mt 28, 19). A programação estende-se até domingo, 16.

Jaime Carlos Patias
FONTE: POM

Nenhum comentário: