terça-feira, 11 de dezembro de 2012

A semente foi lançada...



Como é bonito pensar no processo de germinação das sementes e do crescimento das plantas até chegarem os frutos! O agricultor poda e prepara a terra da melhor forma, mas quando o terreno não é bom, se exige dele um cuidado maior antes de lançar a semente. E pronto, o resto é o Criador que faz germinar, fortificar, crescer com o Sol e com a chuva. É só esperar pelo fruto, que não necessariamente será colhido por quem plantou.

Em 2012, uma mola propulsora nos fez chegar a águas mais profundas, quando começamos a articulação das famílias missionárias no Brasil com a proposta de dar a cada pessoa uma oportunidade de conscientização de nossa missionariedade, elemento fundante de todo o batizado. Sabendo que a propagação da fé é missão de todos os membros da Igreja como missionários e discípulos, independentemente das limitações e enfermidades, fomos ao encontro de idosos e enfermos. Também eles merecem ser missionários porque as dores e os sofrimentos não são inúteis para a missão e podem ser oferecidos por tantos missionários e missionárias espalhados pelo mundo na linha de frente.

Assembleia Nacional
Na nossa Assembleia Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, a ser realizada de 13 a 16 de dezembro em Brasília, teremos a alegria de ver representantes da Juventude Missionária de todos os Estados do Brasil, bem como representantes dos Grupos de Propagação da Fé: famílias missionárias, idosos e enfermos missionários que estão em processo de implantação no Brasil.

Ao celebrarmos a natividade de Jesus, é o momento de olharmos nossas sombras deixadas na estrada e nos colocarmos diante da luz que vem pela frente, porque o caminho se faz caminhando. Olhar adiante às vezes pode nos assustar, ainda mais quando nos vemos diante de propostas tão ousadas como a da Campanha da Fraternidade de 2013, sobre a juventude. E depois vem a JMJ Rio 2013 que também nos desafia. São oportunidades para promover na juventude a missionariedade universal, que não é trabalho de um pequeno grupo, mas de muitas forças unidas.

Agradecer a todos vocês colaboradores da Pontifícia Obra da Propagação da Fé no Brasil, é nosso dever, porque sem vocês coordenadores da JM, grupos missionários, famílias missionárias, idosos e enfermos missionários, a obra não andaria.

Queremos continuar com esta bela colaboração para o grande ano de 2013 e para que Igreja do Brasil possa colher frutos não só para a juventude, mas para todo o processo de evangelização que abrange as mais diversas realidades nas quais o jovem vive: a família e a sociedade, em todos os seus setores.

Ao olharmos para a manjedoura, somos convidados a ser simples como aquele que é o enviado de Deus. Não precisamos nos encher de coisas para anunciá-Lo, basta que O amemos e deixemo-nos amar como missionários enviados a todos os povos para cantarmos: "Eis que vos anuncio, o Salvador nasceu".

Feliz Natal, e um 2013 cheio de ardor missionário.

Pe. Marcelo Gualberto Monteiro
Secretário Nacional da Propagação da Fé - POM

Nenhum comentário: