quarta-feira, 28 de novembro de 2012

JMJ Rio2013 deixará legado social na cidade ao escolher Guaratiba como palco dos Atos Centrais



A grande novidade do II Encontro Preparatório para Jornada Mundial da Juventude desta manhã de quarta-feira, 28, foi a divulgação do local que sediará a vigília e missa de envio da JMJ Rio2013: Guaratiba. Na ocasião, estiveram presentes autoridades do governo e da Igreja.

Com a mesa composta pelo presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, Cardeal Stanislaw Rylko, pelo arcebispo do Rio e presidente do Comitê Organizador Local (COL), Dom Orani João Tempesta, pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, pelo prefeito da cidade do Rio, Eduardo Paes e pelo Embaixador do Brasil junto à Santa Sé, Almir Franco de Sá Barbuda.


O ministro Gilberto Carvalho destacou a alegria de ter o Brasil como país sede da JMJ. “Tenho neste momento, a honra de trazer a saudação da parte da presidenta Dilma Rousseff. Reiteradas vezes, ela manifestou a gratidão e a honra de ter o Brasil como escolhido para sediar a JMJ. Para nós a realização da Jornada no Brasil tem um enorme significado histórico”, ressalta Gilberto Carvalho.

O ministro ressaltou que o significado da JMJ vai além de um encontro religioso, ele se coloca na perspectiva da construção de um novo modelo de sociedade, pelos valores que a Jornada traz em si.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, oficializou a escolha do local entregando os dois contratos das duas áreas que sediarão a JMJ e destacou que fazer a vigília e a missa na região de Guaratiba é uma grande realização. A JMJ vai ter como o seu principal encontro justamente na área da cidade que mais precisa da atenção do poder público e de todos nós, portanto realizar a JMJ na região oeste da cidade, em Guaratiba, sem dúvida nenhuma, é também uma demonstração do papel importante que a JMJ tem em nossa cidade”, destaca Paes.

Dom Orani expôs os progressos que Guaratiba vem tendo para sediar os Atos Centrais. “Acho que a nossa preocupação de olhar com carinho essa região da cidade, Guaratiba, que também está no Vicariato Oeste e vem sendo totalmente remodelada pelas esferas políticas. Nós estamos muito unidos tanto no governo federal, estadual e municipal aqui no Brasil para este belo trabalho de serviço ao povo e ao jovem da Jornada Mundial da Juventude”, disse Dom Orani.

A organização da Jornada trabalhará com a estrutura de lotes e ruas, que contarão com ilhas de serviço para apoiar os peregrinos. Estes locais contarão com banheiros, postos médicos, alimentação, tendas de adoração, torre de segurança, telões e bebedouros.

Ainda de acordo com a organização, o planejamento para o acesso ao terreno estuda duas possibilidades: a chegada a pé, a partir de pontos de desembarque, por três opções de trajetos, de cerca de 13 quilômetros cada; e a saída por meio de um sistema de shuttle, que é um serviço de transporte especial.

O Embaixador do Brasil na Santa Sé, Almir Franco de Sá Barbuda, enfatizou que a parceria entre Igreja e governo é um dos beneficiadores para o sucesso da JMJ. “A Jornada é o acontecimento maior que a Igreja promove regularmente em todo o mundo e o apoio brasileiro está sendo demostrado nesta mesa com a presença do prefeito e o ministro Gilberto Carvalho. Quero cumprimentar a todos, especialmente Dom Orani e o Cardeal Ryłko e toda a comissão organizadora, pela magnífica organização desse encontro. Acho que isso é uma boa demonstração do que será a Jornada aqui no Brasil”, salienta Barbuda

O presidente do PCL finalizou dizendo com empolgação que o Sumo Pontífice acompanha a organização da JMJ com entusiasmo e responsabilidade. “Quero assegurar que o Santo Padre segue preparativos com muita atenção. Ele liga este evento à grandes esperanças da Igreja, caminho de uma grande evangelização para este Ano da Fé. Este é um contexto muito importante”, disse o cardeal.


A manhã também teve um momento em que os delegados tirar dúvidas, com a presença de todos os diretores do COL, e expor informações importantes acerca da JMJ. 

Nenhum comentário: