quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Semana Missionária antecederá a JMJ em todo Brasil


A caminho da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) já podemos constatar a movimentação em todas as regiões do nosso Brasil. Os jovens de todo nosso país já estão no clima da JMJ, como se vê nas diversas cidades por onde tem passado a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos das Jornadas. Mas antes destes dias de encontro com Bento XVI teremos em todas as 276 dioceses a Semana Missionária. Você sabe o que é a Semana Missionária?! Já ouviu falar em Pré Jornada e Dia nas Dioceses?!

PRÉ-JORNADA
Trata-se da peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora pelas dioceses do país acolhedor e demais eventos que servem para animar, preparar, mobilizar e organizar a juventude nacional para a Jornada Mundial da Juventude. No Brasil, o projeto de peregrinação dos símbolos recebeu o nome de “Bote Fé”.

DIAS NAS DIOCESES (DND)
Surgiu na JMJ de Paris (1997), em caráter opcional, como uma valiosa ocasião para incluir algo a mais nas dioceses no caminho de preparação para a JMJ e dar aos jovens peregrinos a possibilidade de partilhar com as comunidades locais momentos de oração, festa e “turismo”. Objetiva, ainda, favorecer a juventude mundial a conhecer um pouco mais das Igrejas locais, através da troca de experiência e enriquecimento da fé, conhecendo a cultura e os costumes locais. Isto acontece nos dias que antecedem a JMJ para facilitar o ingresso dos jovens peregrinos no país de acolhida.

No Brasil, esta proposta recebeu o nome de SEMANA MISSIONÁRIA, como sugerido pelos bispos do país e aprovado em março deste ano pelo Pontifício Conselho para os Leigos (PCL).

SEMANA MISSIONÁRIA
A Semana Missionária acontecerá simultaneamente nas (arqui)dioceses de todo Brasil, de 17 a 20 de julho de 2013. Após esta data, os estrangeiros e todos os brasileiros, se deslocarão para a cidade do Rio de Janeiro.

A SEMANA MISSIONÁRIA está sob a responsabilidade da CNBB, como também a peregrinação dos símbolos da JMJ (Cruz Peregrina e Ícone de Nossa Senhora). Ela favorece tudo aquilo que já era proposto pelos Dias nas Dioceses, porém é enriquecida com o viés da Missão. O jovem estrangeiro não vem só para participar, mas para contribuir no processo evangelizador da juventude. Jovens evangelizando e sendo evangelizados por jovens.

A proposta na Semana Missionária para os jovens peregrinos estrangeiros é que, chegando ao Brasil, vivam intensamente a realidade local, em união com toda a Igreja do Brasil. Durante este tempo, todas as dioceses seguirão uma programação comum sobre três pilares: espiritualidade, solidariedade missionária e cultura. Isto vale também para as dioceses que não terão a presença de jovens estrangeiros.

Há todo um esforço para preparar a Semana Missionária com os próprios fiéis da diocese: com o envolvimento na formação de grupos de voluntários, acolhida dos peregrinos, entre outros aspectos que são demandados para a infraestrutura.

Unamo-nos em nossas orações para que todo o Brasil experimente com a Semana Missionária um novo tempo no qual o jovem se lança na aventura de ser discípulo-missionário de Jesus.


Nenhum comentário: