quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Daqui a um ano, a jornada!


Estamos a um ano do grande acontecimento que deverá unir o mundo jovem aqui no Rio de Janeiro. Exatamente daqui a um ano estaremos em plena Jornada Mundial da Juventude. Aos poucos estamos nos preparando! A Cruz das jornadas e o Ícone de Nossa Senhora entregues pelo Papa Beato João Paulo II aos jovens já percorreram mais da metade do país, com belas e solenes manifestações por onde passaram. Esses símbolos não só nos preparam para a Jornada, mas estimulam a participação e o protagonismo jovem na Igreja e na Sociedade.

Já temos a Logomarca e a Oração Oficial divulgadas. Estamos ultimando a escolha do Hino Oficial. As inscrições para o voluntariado continuam e estamos quase atingindo a meta. Muitos voluntários já estão exercendo a sua missão aqui e no exterior. Sente-se uma grande alegria nesses jovens em poder colaborar com esse momento ímpar: a segunda Jornada na América Latina, 25 anos após a de Buenos Aires! Os jovens sabem de sua importância para a sociedade e querem exercê-la com generosidade e responsabilidade.

O Rio de Janeiro, que continua lindo, está de braços abertos para receber todos. As paróquias e casas religiosas se movimentam na preparação e captação de locais para a hospedagem de tantos que estão se preparando para celebrar esse momento em terras cariocas. Brasileiros e estrangeiros serão todos cidadãos cariocas de 23 a 28 de julho do próximo ano.

Esta cidade, especialista em receber bem, como é a sua marca registrada – o Cristo Redentor de braços abertos – também se rejuvenescerá com a vinda de tantos jovens de etnias e línguas diversas. Será o maior evento desses últimos tempos nesta cidade maravilhosa.

O Comitê Organizador da Jornada está a pleno vapor. São pessoas responsáveis em planejar todos os detalhes possíveis, para que tudo esteja preparado daqui a um ano. Nossos relacionamentos com as autoridades do município, do estado e federal nos ajudam a procurar os melhores caminhos para a logística, deslocamento, acomodação, celebração desse momento.

Os eventos se multiplicam no Rio de Janeiro e nas paróquias de todo o Brasil. A colaboração com a nossa Conferência Episcopal, principalmente com a Comissão para a Juventude, tem sido rica e importante para uma bela continuidade desse trabalho inicial. Temos certeza de que após a Jornada muitos valores essenciais para a vida da pessoa humana estarão presentes em nossa sociedade plural.

As várias empresas que estão investindo e acreditando na juventude sabem que estão ajudando a construir um futuro melhor. Sabem também do grande retorno financeiro que um evento desse porte traz para a economia do país. As estatísticas das outras jornadas demonstram com clareza a importância para o país que a recebe.

Mas, sem dúvida, o mais bonito é você poder olhar no rosto de nossos jovens, felizes e alegres pela importância que assumem, e vê-los disponíveis para atuarem com responsabilidade no hoje de nossa sociedade. Sem dúvida, aqui iremos ver o verdadeiro empenho pelos jovens e a esperança na construção da civilização do amor.

Esse grande encontro da juventude sempre teve a presença do sucessor de Pedro, o Papa. Serão momentos importantes também para o Brasil e para a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. O contágio do bem deverá levar muitos outros jovens a valorizarem o bem e o belo para sempre bons!

A Jornada Mundial da Juventude também terá legados sociais, como a preocupação, educação e acolhimento para ajudar na questão da dependência química, além da procura de trabalhar com responsabilidade ecológica. A valorização de todas as regiões da cidade também faz parte desse trabalho, levando os olhos de todos a se voltarem para todos os lados dela e ver as suas diferentes belezas.

Os patronos e intercessores da JMJ, já escolhidos e divulgados, demonstram que em todas as épocas e em todos os continentes jovens foram protagonistas de novas civilizações, grandes empreendimentos e deram exemplo de vida digna e fraterna. Se isso foi possível no passado também é possível hoje.

Estejamos atentos em apoiar a nossa juventude e anunciar a nossa confiança em todos os jovens. Um país que os valoriza, sem dúvida está construindo um futuro melhor.

Assim como a sentinela que vê a manhã chegar, que eles sejam os anunciadores do sol que nasce iluminando a nossa manhã do amanhã.

Feliz Jornada Mundial da Juventude a todos!

† Orani João Tempesta, O. Cist.
Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro

Nenhum comentário: