sábado, 14 de julho de 2012

A missão da juventude no mundo pós-moderno



A Infância e Adolescência Missionária- IAM, e Juventude Missionária-JM promoveram um dos maiores mutirões do 3º Congresso Missionário Nacional – CMN. Em coletiva de imprensa realizada neste sábado, 14, padre Marcelo Gualberto Monteiro, Secretário Nacional da Obra da Propagação da Fé, expressou sua alegria em poder participar do congresso, “temos a graça e a oportunidade de fazer uma animação missionária voltada para a juventude na Igreja no Brasil.

Ao ser questionado sobre como o evangelizador jovem pode realizar a sua missão de modo eficaz em um mundo secularizado e pluricultural, Gualberto comentou que os jovens estão em uma busca profunda de Deus, "nós, como Igreja, devemos acreditar no protagonismo juvenil, pois, quando o jovem quer fazer, ele faz e acontece!” Padre Marcelo também lembrou e enfatizou a frase de Bento XVI, “O jovem não é o futuro e sim o presente!”.

Rumo ao CAM 4 – Comla 9
Irmã Dirce Gomes da Silva, da Congregação Cristo Pastor, assessora da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial - CNBB e secretária Executiva do Conselho Missionário Nacional - Comina, também partilhou suas expectativas sobre o congresso, “esse é o momento de grande motivação dentro de uma sociedade pluricultural que está em busca de um encontro pessoal com Jesus Cristo.  A fé do povo brasileiro precisa ser motivada e articulada”.

Para a assessora da CNBB, os Congressos Missionários Nacionais servem como animação missionária da Igreja Local, na perspectiva dos Congressos americanos e Latino-americanos CAM 4 - Comla 9.  Ainda de acordo com irmã Dirce, o Congresso Missionário deve ser um momento de graça para a vida missionária dos nossos regionais, Comires, Comidis. Ela também demostrou animação para o estímulo dos projetos além-fronteiras, em países como o Haiti e a Guiné-Bissau- África.

Por Valesca Montenegro, da Assessoria de Imprensa do 3º CMN

Nenhum comentário: