quinta-feira, 29 de março de 2012

VATICANO - Mensagem do Papa aos jovens: "sejam missionários da alegria, sejam missionários entusiastas da nova evangelização!"



"Exorto todos vocês a serem missionários da alegria. Não se pode ser feliz se os outros não são: a alegria deve ser partilhada. Contem aos outros jovens a alegria de ter encontrado o tesouro precioso que é o próprio Jesus. Não podemos guardar para nós a alegria da fé: para que ela possa permanecer nós, devemos transmiti-la". É a tarefa que o Santo Padre confia aos jovens do mundo na mensagem a eles enviada para a XXVII Jornada Mundial da Juventude que se celebrará em 1° de abril de 2012, Domingo de Ramos, a nível diocesano, sobre o tema extraído da Carta de São Paulo aos Filipenses: "fiquem sempre alegres no Senhor" (4,4).

O Papa sublinha que "a alegria é um elemento central da experiência cristã", e em particular, é uma das características de cada Jornada Mundial da Juventude. "A Igreja tem a vocação de levar ao mundo a alegria, uma alegria autêntica e duradoura, aquela que os anjos anunciaram aos pastores de Belém na noite do nascimento de Jesus", recorda o Santo Padre que em sua mensagem evidencia como "no difícil contexto atual, muitos jovens... precisam imensamente de ouvir que a mensagem cristã é uma mensagem de alegria e esperança"! "Além da gratificação imediata e passageira, o nosso coração busca a profunda alegria, plena e duradoura, que possa dar "sabor" a "existência", escreve o Papa, que ressalta como as alegrias autênticas "encontram sua origem em Deus, mesmo que não pareça à primeira vista". Então, encontra o Senhor, fazer espaço a Jesus Cristo e ao seu Evangelho, "é o caminho para ter a paz e a verdadeira felicidade dentro de nós mesmos, é o caminho para a verdadeira realização de nossa existência como filhos de Deus".

"A alegria está intimamente ligada ao amor: são dois frutos inseparáveis do Espírito Santo. O amor produz alegria e a alegria é uma forma de amor", explica o Papa, convidando os jovens a entrar na alegria do amor sendo generosos, engajando-se plenamente na vida, com especial atenção para os mais necessitados, ajudando a tornar a sociedade mais justa e humana. Em seguida, ele os exorta a não terem medo do chamado Cristo para a vida religiosa, monástica, missionária ou sacerdotal: "Estejam certos de que Ele enche de alegria aqueles que, dedicando sua vida nessa perspectiva, respondendo ao seu convite a deixar tudo para ficar com Ele e dedicando-se com coração indiviso ao serviço dos outros". O Santo Padre pede enfim para recorrer frequentemente ao Sacramento da Penitência e da Reconciliação, que é "o Sacramento da alegria reencontrada", e mostra como modelos dois jovens Beatos, Pier Giorgio Frassati (1901-1925) e Chiara Badano (1971-1990), "que mostram como o autêntico cristão fica nunca desesperado e triste, mesmo diante das provas mais duras, e mostram que a alegria cristã não é uma fuga da realidade, mas uma força sobrenatural para enfrentar e viver as dificuldades diárias.

"A mensagem termina com um convite aos jovens a serem "testemunhas da alegria", "missionários entusiastas da nova evangelização! Levem ao que sofrem, aos que estão em busca a alegria que Jesus quer doar. Levem-na em suas famílias, em suas escolas e universidades, em seus locais de trabalho e aos grupos de amigos, onde vocês vivem. Vocês verão que a alegria é contagiosa".

FONTE: Agência Fides - 28/03/2012

Nenhum comentário: