terça-feira, 17 de janeiro de 2012

ÁSIA/ÍNDIA - Cristãos agredidos: amputado o dedo de uma mão de um Pastor em ataque de extremistas hinduístas


Vinte cristãos atacados e agredidos, o Pastor protestante Srirangam Shanthakumar, da "Agape Church", ferido e com um dedo amputado. É o balanço do último ataque de um grupo de extremistas hindus ocorrido em Anekal, aldeia rural no distrito de Bangalore, no estado de Karnataka, no sul da Índia. Como informa à Fides o "Global Council of India Christians", organização que monitora os direitos dos cristãos na Índia, nos últimos dias, o Pastor Shanthakumar, casado e pai de dois filhos, estava dirigindo uma vigília de oração na residência de um membro de sua comunidade, quando um grupo de cerca de 20 radicais hindus invadiram a habitação, atacando os presentes com bastões e barras de ferro.

Enquanto agrediam os cristãos, os radicais os acusavam de converter à força ou de modo fraudulento os fiéis hindus ao cristianismo. Numerosos fiéis ficaram feridos, o Pastor perdeu o dedo da mão esquerda e outro fiel foi ferido na cabeça e na mão direita. Os militantes hindus fugiram rapidamente. O Pastor e os fiéis denunciaram o episódio à polícia e foram internados rapidamente.

Confirmando estes episódios, um novo relatório sobre as violências anticristãs na Índia foi divulgado pela "Evangelical Fellowship of India", que reúne centenas de denominações evangélicas. O Relatório, enviado à Fides, confirma que Karnataka é o estado mais violento e inseguro, assinalando 140 episódios graves de perseguições contra cristãos, caracterizados por falsas acusações de "conversões forçadas". O Relatório pede ao estado que garanta a proteção dos cristãos indianos e o respeito da liberdade religiosa no país.

FONTE: Agência Fides - 16/1/2012

Nenhum comentário: