terça-feira, 17 de janeiro de 2012

ÁFRICA/SOMÁLIA - Bloqueada a distribuição de alimento para mais de 1 milhão de pessoas


Uma das poucas agências humanitárias excluídas da proibição imposta pelos Al-Shabaab na Somália, parou de distribuir alimento e semente a 1,1 milhão de pessoas no sul e no centro do país depois que as autoridades locais por várias vezes bloquearam as entregas. Numa nota difundida pelo responsável pela delegação da Comissão Internacional da Cruz Vermelha na Somália (CICR), enviada à Agência Fides, se informa que o bloqueio continuará até que as autoridades que controlam a área não garantirem que a distribuição possa ser feita sem obstáculos e chegue a todos os que precisam, conforme acordo.

As ajudas destinadas a 240 mil pessoas das regiões de Middle Shabelle e Galgaduud estão bloqueadas desde meados de dezembro de 2011. Todas as outras atividades humanitárias da CICR, inclusive a assistência médica para as crianças gravemente desnutridas, os projetos hídricos e de saúde continuam, segundo o acordo de todas as partes interessadas nas áreas controladas pelos Al Shabaab e em outras partes do país.

Cerca de 3 milhões de pessoas no sul e no centro da Somália precisam de assistência por causa das conseqüências da seca e conflitos. Segundo o departamento das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários, dessas pessoas, 250 mil vivem ainda em condições de penúria. Na cidade de Buurgabo, a cerca de 90 km do confim com o Quênia, não obstante as recentes chuvas, a emergência continua, mas nenhuma agência humanitária conseguiu chegar até lá.

FONTE: Agência Fides - 14/1/2012

Nenhum comentário: