segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Conselho Missionário do MS realiza Assembleia e elege nova coordenação



Reunido em assembleia nos dias 2 e 3 de dezembro, na sede do Instituto de Teologia, em Campo Grande, MS, o Conselho Missionário Regional - COMIRE, Oeste 1 da CNBB, elegeu sua nova coordenação para os próximos quatro anos, tendo à frente Rosângela de Souza Urt, da diocese de Corumbá, como nova coordenadora. Padre Ubajara Paz de Figueiredo continuará assessor do COMIRE que tem como presidente dom Vitório Pavanello, bispo emérito da arquidiocese de Campo Grande.


"Aceitei a coordenação com muito carinho e espero que a nossa equipe trabalhe sempre na unidade e comunhão para tocar em frente a nossa missão", disse Rosângela ao comentar sobre a sua nova tarefa.

Assessorada pelo padre Jaime Carlos Patias, da revista Missões, a assembleia estudou as Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil - DGAE (2011-2015), Documento 94 da CNBB, e traçou pistas de ação para ajudar o Regional a colocar a "Igreja em estado permanente de missão" mediante a setorização das paróquias. Essa meta, uma das urgências das Diretrizes, foi apontada como prioritária pelos bispos do Mato Grosso do Sul em sintonia com as determinações da Conferência de Aparecida.

Ao comentar sobre a concretização das Diretrizes, padre Patias observou que essas não são um programa de ações e lembrou que "cabe às Dioceses elaborar seus planos a partir delas. Sem isso, as DGAE correm o risco da inoperância ou irrelevância. A operacionalização exige planejamento das Dioceses e em especial dos Regionais da CNBB, e nisso o COMIRE tem um papel fundamental", assegurou.

Pistas de ação
No planejamento para o quadriênio, o COMIRE do Regional escolheu como prioridades de atuação: 1) implementar os Conselhos e Grupos de Animação Missionária nos diversos níveis tendo presente a missão Ad Gentes e além fronteiras; 2) promover o estudo das DGAE nas dioceses e Paróquias; 3) constituir uma Equipe de Formação para criar consciência missionária em todas as pastorais, movimentos e organismos; e ainda, 4) promover a formação missionária para a juventude e assessores da Infância e Adolescência Missionárias - IAM.

Egon Heck, assessor do Conselho Indigenista Missionário - Cimi, MS, falou sobre a situação dos povos indígenas, em especial na região de Dourados. Em relação a essa causa, o COMIRE decidiu, como Igreja missionária, ser presença solidária e profética com os povos indígenas e afro-descendentes na luta pelos seus direitos.

Irmã Marta Genoveva, convidou para uma vigília em defesa dos Povos Indígenas, marcada para o dia 16 de dezembro, às 19h30, na Cúria diocesana, em Campo Grande. O evento foi programado por um grupo de aliados da causa indígena após uma Audiência Pública realizada na Assembleia Legislativa, em novembro.

3º Congresso Missionário Nacional
A programação contemplou ainda os preparativos para o 3º Congresso Missionário Nacional - CMN, marcado para os dias 12 a 15 de julho de 2012, em Palmas, TO. Esse evento pretende reunir cerca de 600 pessoas, sendo que o estado de Mato Grosso do Sul terá 20 vagas. Segundo padre Ubajara, o encontro servirá para animar a Igreja no Brasil em sua Missão além fronteiras e também como preparação para o 4º Congresso Missionário Americano e 9º Congresso Missionário Latino-Americano - CAM 4 - Comla 9, a realizar-se em 2013, na Venezuela.

Participaram da assembleia do COMIRE coordenadores dos Conselhos missionários das dioceses de Dourados, Jardim, Três Lagoas, Corumbá e Coxim, além de representantes da Comunicação, Infância, Adolescência e Juventude Missionária, membros do Conselho Indigenista Missionário - Cimi. Faltaram representantes da arquidiocese de Campo Grande e da recém criada diocese de Naviraí.

Uma celebração eucarística encerrou os trabalhos neste sábado, 3, com o envio missionário no dia da festa de São Francisco Xavier que, com Santa Teresinha do Menino Jesus, é padroeiro das Missões.

Fonte: Comunicação COMIRE Oeste 1

Nenhum comentário: