segunda-feira, 19 de setembro de 2011

JM marca presença no Bote Fé, em SP.



Mais de 100 mil jovens se reuniram ontem, 18, no Bote Fé, no Campo de Marte (Zona Norte de São Paulo/SP), para acolher a cruz e o ícone de Nossa Senhora que percorrerão todo o Brasil e alguns países da América Latina em preparação à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que será realizada em 2013 no Rio de Janeiro.

A Juventude Missionária não ficou de fora e inúmeros jovens missionários das diversas dioceses de São Paulo e de outros Estados marcaram presença; entre eles estava o Secretário Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, Pe. Marcelo Gualberto e o jovem João Guilherme de Melo, coordenador da JM no Paraná, que nos mandou seu depoimento:

Foi um momento maravilhoso de celebrar a continuação das Jornadas Mundiais da Juventude, porém também o inicio da uma caminhada bonita que faremos aqui no Brasil com a JMJ Rio 2013.

O momento mais forte do Bote Fé foi a chegada da Cruz e do ícone de Nossa Senhora ao campo de Marte. A juventude vibrou, gritou, pulou e cantou quando os simbolos da JMJ passaram pelo meio de nós, e não houve quem não se emocionou com aquilo tudo. o mais lindo foi ver as varias expressões juvenis, de mãos dadas cantando a musica que seguramente sera um dos simbolos da nossa jornada: "...no peito eu levo uma Cruz, no meu coração o que disse Jesus".

Tive a oportunidade de estar no meio de toda a festa, mas em especial ter a oportunidade concedida pela coordenação do evento, pois tinha recebido uma credencial, de tocar a Cruz das JMJs e rezar por todos os jovens missionários junto dela. Foi um momento de muita emoção pessoal, porém tive o orgulho de poder levar a JM do Brasil bem perto da Cruz que milhões de jovens no mundo inteiro ja tiveram a oportunidade de tocar, Cruz que o próprio bem-aventurado João Paulo II entregou a nós, que é experiência de fé e amor a Cristo e sua igreja.

Tenho certeza que quando os simbolos da JMJ passarem nas nossas dioceses ao longo desses dois anos muitos de nós, jovens missionários, vamos experimentar essa sensação de amar o madero pelo qual veio a salvação do mundo, que é caminho, esperança e vida.

João Guilherme de Mello Simão
Coordenador da Juventude Missionária no Paraná

Nenhum comentário: