sexta-feira, 2 de setembro de 2011

"Como é bonito Senhor no meio do povo escutar Sua voz, é tão bonito saber que sempre caminhas no meio de nós."


Louvado seja Deus pela Jornada Mundial da Juventude 2011... Foi uma experiência única, de muitos desafios e renúncias, mas principalmente de muita amizade. Posso dizer que a amizade foi o meu sustento durante a Pré-Jornada vivida na cidade de Valência. Os dias vividos com toda a delegação da Região Sudeste do Brasil, mas principalmente com os amigos-irmãos Tiago, Fabiano e Rodrigo foram de grande valia, pois experienciamos a fraternidade missionária em sua complexidade, a diversidade da alimentação, o longo caminho até o metrô, a saudade do Brasil, tudo se tornou intenso, porém, mantínhamos firmes porque tudo era oferecido pela missão, o chão do ginásio que dormimos durante 5 dias, o banho frio, tudo transformado em preces e Deus nos sustentando e a amizade ajudando nesse processo.

Lembro-me que não ousávamos reclamar das coisas, diversas vezes lembramos das inúmeras crianças que sequer comiam naquele dia. Em Valência não tivemos o contato com as famílias da Diocese; agosto é período de férias e muita gente devido o calor se retira para regiões montanhosas ou praias, então, muitas casas estavam fechadas, contudo, aconteciam as missas, as visitas em pontos turísticos e culturais da cidade e sempre na praça principal tinha uma programação.

Fomos para Madri, aguardar anciosamente a presença do sucessor de Pedro, o Papa, aquele que chegaria para dar o abraço de Deus a todos os jovens. O calor era intenso, Madri foi povoada com o mundo inteiro, gente de todos os cantos do mundo à espera do Papa Bento XVI.

Um momento marcante foi a sua chegada, pois, ficamos durante 6 horas esperando por sua chegada, a pele já refletia a luminosidade do sol, enquanto isso os bombeiros nos alegravam com um jato bom de água. Eis que é chegada a hora... Bem de pertinho vimos o Papa, é ai que meu coração e de todos os jovens que lá estavam acelerou intensamente e as lágrimas rolaram em sinal de gratidão a Deus por ter vivido tal momento.

Em Madri, tudo é muito bonito mesmo: a beleza da cidade ajudou muito no cenário da Jornada. Triste foi saber que nem todos os espanhóis eram a favor da jornada; por outro lado, toda gente estava feliz em participar dessa.

Os shows brasileiros foram marcantes; as catequeses brasileiras também e a grande alegria foi o anúncio do Papa ao falar que em 2013 estaremos reunidos no Rio de Janeiro!

Façamos valer o lema da JMJ 2013 desde agora, que Jesus nos dê coragem de assumirmos nosso batismo e fazermos discípulos-missionários todos os povos!

Jovens missionários, sempre solidários.

É
Coordenadora da JM em Minas Gerais
rica Júlia

Nenhum comentário: