quarta-feira, 13 de julho de 2011

FORMISE no Nordeste


Na sexta-feira, 8 de julho, terminou a 4ª Formação Missionária para Seminaristas do Nordeste (4ºFormise). O evento, que aconteceu em Campina Grande (PB), reuniu 80 seminaristas de todos os Regionais do Nordeste. Foi organizado pelos seminaristas da diocese de Campina Grande e Guarabira e contou com a colaboração das Pontifícias Obras Missionárias (POM).


Para o vice-reitor do Seminário Maior de Campina Grande, padre Dezenilton Santos, o encontro mostrou a importância da dimensão missionária para a Igreja desde o período formativo dos futuros sacerdotes. “A formação dos seminaristas para a missão é algo que deve ser tratado com profundo zelo e dedicação; a Igreja nasceu da missão dos primeiros apóstolos e só se manterá acesa enquanto existir missionários, comprometidos em levar a Boa Nova para todos”, destacou.

Entre os assessores do evento, estavam os secretários da Pontifícia União Missionária, padre Savio Corinaldesi; e o secretário da Infância e Adolescência Missionária (IAM), padre André Luiz de Negreiros. Em sua exposição, padre Savio deixou claro o lugar dos seminaristas e padres da Igreja. “Os seminaristas e padres não pertencem a uma diocese, pertencem ao mundo, ao chamado de Jesus Cristo para a sua missão”, sublinhou. De acordo com ele, “o seminarista deve estar aberto ao espírito missionário, ter perseverança e coragem na caminhada”, ressaltou. Eles abordaram a temática “A organização missionária do seminário”.

“Formação Intelectual do Seminarista Missionário”
Foi a partir desta temática que um dos assessores do Formise, padre André Vital (SCJ), com base nas Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil, documento 93 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), destacou que a formação intelectual precisa ser integrada com as outras dimensões, sobretudo a “pastoral” e a “pastoral missionária”.

"É da própria natureza do Ministério Ordenado que a formação intelectual encontre sua específica justificação e manifeste a sua urgência diante dos enormes e complexos desafios que se antepõem à missão evangelizadora da Igreja”, completou padre Vital.

Para o seminarista Washington Vieira de Oliveira, da arquidiocese de Fortaleza (CE), “o 4º Formise foi uma experiência singular na caminhada vocacional, nos concedendo a oportunidade de aprofundamento na dimensão missionária dentro de nosso processo formativo. Serviu como um alerta para nós, cristãos, que temos a essência missionária”.

Elogiou também o encontro, o padre Natale Brambilla, de Natal (RN). “Foi uma belíssima surpresa, porque não imaginava que iria encontrar tanta vitalidade missionária no Nordeste. É a primeira experiência que faço com os seminaristas do Nordeste também. E eu vi o entusiasmo, paixão, vontade de conhecer e aprender. Isso me deixou muito maravilhado e também feliz. Tenho certeza que foi uma semente colocada, que vai dar fruto no coração de cada um de nós, conforme a capacidade de acolhimento de cada um.”

O 4º Formise foi organizado pelos seminaristas da diocese de Campina Grande e Guarabira e contou com a colaboração das Pontifícias Obras Missionárias. A próxima edição do evento será sediada na diocese de Feira de Santana (BA), no período de 2 a 6 de julho de 2012.

FONTE: POM

Nenhum comentário: