terça-feira, 21 de junho de 2011

Delegação da Juventude Missionária do Brasil vai pela segunda vez à JMJ

Sete jovens de quatro estados brasileiros, acompanhados do secretário nacional da Pontifícia Obra da Propação da Fé e Juventude Missionária, padre Marcelo Gualberto, irão, pela segunda vez, em nome a JM, participar do Encontro Mundial da Juventude com o papa, em Madri.


A Juventude Missionária do Brasil vai estar presente, pela segunda vez, numa Jornada Mundial da Juventude (JMJ). O evento, conhecido como o Encontro Mundial do papa com a Juventude, desta vez será em Madri, Espanha, de 16 a 21 de agosto. Trata-se de um grande encontro de espiritualidade e cultura de jovens do mundo inteiro promovido pela Igreja Católica, por iniciativa do papa.

A primeira participação de uma delegação oficial das Pontifícias Obras Missionárias (POM) do Brasil numa JMJ aconteceu em 2005, quando o evento foi sediado em Colônia, na Alemanha. Naquele ano foram enviados, como representantes da Juventude Missionária do Brasil, o então assessor teológico das POM, Pe. Elmo Heck e o jovem Luiz Gustavo Dalazen Fernandes, de Curitiba (PR). Na JMJ de Colônia, participaram 150 jovens, de 50 países, ligados às POM de todo o mundo.

Origens da Jornada Mundial da Juventude
Sua origem remonta ao Jubileu dos Jovens celebrado no Domingo de Ramos de 1984, durante o Ano Santo da Redenção, no 1950º aniversário da Ressurreição do Cristo, com a presença de 300 mil jovens de todo o mundo. Na ocasião, o papa João Paulo II, fundador do evento, deu aos jovens uma cruz de madeira, querendo simbolizar “o amor do Senhor Jesus pela humanidade e como anúncio de que só em Cristo morto e ressuscitado se encontra salvação e redenção”.

A ONU proclamou 1985 o Ano Internacional da Juventude. O papa, aproveitando a situação, resolveu repetir a experiência do ano precedente, convocando novamente os jovens de todo o mundo e instituindo oficialmente a Jornada Mundial da Juventude. Desde então, aquela cruz tem percorrido dezenas de países de todos os continentes, acompanhando as celebrações dessa Jornada Mundial.

O evento internacional é celebrado cada dois ou três anos, desde o Domingo de Ramos de 1986. A anterior, a décima JMJ, ocorreu em Sydney (Austrália), em julho de 2008, a segunda com o papa Bento XVI, com a participação de meio milhão de jovens. Nos anos intermediários, a Jornada é diocesana, sempre no Domingo de Ramos, em todas as dioceses do mundo, e também em Roma, com o papa.

Juventude Missionária na JMJ-2011
Desta vez, as POM do Brasil vai se fazer presente com sete jovens da JM do Ceará, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, além do secretário nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé e Juventude Missionária, padre Marcelo Gualberto. Eles seguirão para a Espanha juntamente com a delegação oficial brasileira organizada pela Comissão para a Juventude da CNBB. Ao todo, já se encontram inscritos 10 mil jovens brasileiros, mas a expectativa é que esse número cresça ainda mais nos próximos meses.

Toda a delegação oficial do Brasil estará envolvida nas dioceses, em cinco cidades específicas onde nos dias 10 a 15 de agosto irão fazer missões colhendo qual o impacto que a JMJ causa em cinco diferentes propostas [cidades].

O site oficial é apresentado em sete línguas, dentre as quais o português: http://www.jmjbrasil.com.br/jmj/

FONTE: Informátivo SIM - POM

Nenhum comentário: