sexta-feira, 6 de maio de 2011

Vaticano discute os desafios da comunicação na Internet


A Santa Sé realizou, no dia 2 de maio, um grande encontro de blogueiros de todo o mundo com o intuito de discutir o uso das novas mídias na comunicação. Dos blogueiros brasileiros selecionados, estavam presentes quatro - um deles o jornalista Wagner Moura, de O Possível e o Extraordinário. Veja a seguir o testemunho dele sobre como foi o encontro:

Como foi o Vatican Blog Meeting?
Inacreditável! Às vezes eu me supreendia com o que estava acontecendo. A Santa Sé, por meio dos conselhos pontifícios da Comunicação e da Cultura, reuniu blogueiros do mundo todo (4 brasileiros presentes) para conversar sobre a expirência “blog”! Não foi uma reunião sobre “como e o que blogar”, nem sequer um evento católico – havia não-católicos na reunião que não teve temática religiosa especificamente, apesar do tratamento à Igreja como fonte de informação. Foi um momento de diálogo cultural, como, aliás, é percebida a internet, seus blogs, suas redes sociais… Uma nova cultura de comunicação que não pode ser ignorada.

Em resumo o evento tratou basicamente de três coisas:

1) Propor aos blogueiros uma reflexão sobre liberdade e responsabilidade com essa nova forma de comunicação: todos foram provocados a colocar a comunicação da Web 2.0 a serviço da comunidade e não a serviço de si mesmos (do próprio ego). Destaco aí a ideia dos flashmobs solidários e o convite aos blogs católicos para tratarem a Igreja como fonte de informação e não como adversária.

2) Servir de fórum para ouvir críticas e propostas sobre a relação da Igreja com a blogosfera e as “novas mídias”. Cada um pode tirar suas dúvidas sobre vários assuntos! Eu fiz duas perguntas, a pedidos! Uma sobre as traduções para o português nos meios do Vaticano. A resposta: “São mais de 200 milhões de falantes do português! Claro que pensamos nisso!”, contou-me um representante do Ministério de Comunicação. A outra pergunta foi para a conferencista responsável pela comunicação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Eva. Quis saber se a mensagem pró-vida é uma estratégia presente na JMJ. Ela disse que sim, mas que isso estava internalizado na estratégia ampla de mobilizar os jovens e me perguntou se eu sabia do que ela estava falando. Eu pensei logo em Zapatero! É só o que penso quando penso em Espanha. Risos. Mas, enfim, não sei se ela estava pensando nele… Não quis saber. Deixei ela pensar que sabia do que ela estava falando e pedi uma foto com ela que é muito bonita pessoalmente.

3) Demonstrar a nova estratégia da Santa Sé em Web 2.0: será lançado, em breve, o site news.va, um espaço convergente para as mais variadas plataformas (inclusive iPhone). Alguns conferencistas argumentaram, inicialmente, que o Papa não poderia ter twitter, email, ou outras formas mais pessoais de comunicação porque isso feriria a teologia do magistério Petrino. Ninguém entendeu. Mas tudo se resolveu com o anúncio de news.va e o convite para estratégias de divulgação “informal” em espaços formais (a exemplo do que faz o www.jovensconectados.com.br, um site da CNBB com uma interface menos institucional, mais próxima dos leitores).

Agradeço a todos que tornaram esse momento possível.

Por Wagner Moura, de O Possível e o Extraordinário

Nenhum comentário: