segunda-feira, 29 de novembro de 2010

JM na Assembleia do COMIDI na Arquidiocese de Teresina/PI


Aconteceu neste último fim de semana, de 27 e 28 de novembro, a assembléia do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI) em Teresina, Piauí, cujo tema foi: “Ecologia e Meio Ambiente” secretariada por Pe. André Luiz de Negreiros, Secretário Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, que explorou o que o Documento de Aparecida fala sobre o assunto, que será abordado na próxima Campanha da Fraternidade.

Durante o encontro aconteceram oficinas de algumas áreas missionárias: Infância e Adolescência Missionária (IAM), Juventude Missionária, Projeto Missionário Além-Fronteiras, COMIPAS, e Missão Continental.

A Juventude Missionária do Piauí participou da assembléia e despertou em outras comunidades e grupos missionários o interesse pelo trabalho com os jovens. Os jovens que estavam no encontro durante as oficinas puderam conhecer mais sobre Juventude Missionária e elaborar planos de ação para trabalhar sobre o meio ambiente nas comunidades.

Um dos momentos mais esperados na assembléia foi o testemunho de Graça Rosa, missionária maranhense, que viveu em Nipepe, Moçambique, no continente africano. Graça falou sobre as dificuldades que o missionário encontra tanto na família antes de partir, como na missão com o choque cultural, a língua e outras dificuldades territoriais. Esclareceu que o verdadeiro sentimento missionário passa por cima de todas essas dificuldades, e que missionário não deve esperar recompensas, nem ser aplaudido, nem presenteado deve carregar consigo a humildade, e é feliz em realizar a missão: “A missão deve ser algo discreto e anônimo.”; além disso, o missionário tem que ser forte e corajoso, pois ela como mãe e esposa deixou a família e partiu para a missão, mesmo com a resistência dos familiares e amigos que não aceitavam a idéia. Contudo a experiência na África lhe rendeu muito aprendizado, conviveu com a miséria, a fome, sede, a violência, a falta de assistência médica, num continente em que possui maiores índices de infecções pelo vírus HIV entre outras doenças.

Ela esclareceu que sua primeira responsabilidade em Muamba era a juventude, e sua maior felicidade foi saber que os jovens tinham grande interesse em conhecer a Bíblia, e para ela foi uma realização, pois pode ajudar os jovens a despertar o gosto pela palavra de DEUS. Logo depois ficou responsável pela área da saúde a visita e cuidado contínuo com os aidéticos, além disso, acompanhou também a legião de Maria conhecida como as mamãs.

Graça é um grande exemplo de que par a realizar a missão não existe idade, sexo ou algum limite, basta ter gosto pela missão e um verdadeiro desejo de ajuda ao próximo.

Sâmara Caroline, Coordenadora Regional da JM no PI

Nenhum comentário: