segunda-feira, 5 de julho de 2010

Congresso quer despertar espírito missionário dos seminaristas e padres



O secretário geral da Pontifícia União Missionária, padre Vito Del Prete, veio de Roma especialmente para participar do 1º Congresso Missionário para Seminaristas, que começou na noite deste domingo, dia 04 de julho, em Brasília. Na abertura do evento, no Seminário da arquidiocese de Brasília, na capital federal, o secretário exortou os padres a assumirem mais a missão.

Segundo padre Vito, a Pontifícia União Missionária tem a finalidade de animar e formar missionariamente bispos, padres, seminaristas, religiosos e religiosas.

Se mobilizarmos o clero para a causa missionária, toda a Igreja será tornará missionária”, disse o secretário. “Este é o objetivo deste primeiro Congresso que, espero, não seja o último”, acrescentou.


Padre Vito destacou a Igreja no Brasil como “motor da revitalização da missão na América Latina”. Ele disse que o Congresso deve colocar “novamente em movimento a participação na missão universal”.

A abertura oficial do Congresso, feita pelo secretário da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, ocorreu no auditório do Seminário, por volta das 20h45, após a missa que o próprio dom Dimas presidiu. Participam do encontro 160 seminaristas de todo o país, além de três bispos e alguns padres que trabalham na formação dos seminaristas.

O assessor da Comissão Episcopal para Animação Missionária da CNBB, padre José Altevir, leu uma mensagem do presidente da Comissão, dom Sérgio Castriani, que não pode vir ao Congresso.

Tenho certeza de que os dias que vocês viverão em Brasília marcarão de forma intensa a sua caminhada formativa e, no caso dos formadores, a perspectiva do serviço que vocês prestam”, diz a mensagem. “Toda a Igreja do Brasil espera dos seus atuais e futuros padres, que sejam verdadeiros missionários, generosos, criativos e dispostos a partir no seguimento de Jesus”.

O secretário da Pontifícia União Missionária no Brasil, padre Savio Corinaldesi, ressaltou que o Congresso “é de e não para seminaristas”, “por isso dará a palavra aos seminaristas”. Uma das metas do Congresso, segundo padre Sávio, será a organização, nos seminários, de Conselhos Missionários.

No Documento de Aparecida se diz que falta espírito missionário aos padres. Temos que reagir para que, quando os bispos se reunirem não digam isso de novo”, disse padre Sávio sob os aplausos da platéia. “Nossa vontade é que, na Igreja do Brasil, os padres e os seminaristas tenham espírito missionário”, completou.



FONTE: CNBB – 05/07/2010


Nenhum comentário: