segunda-feira, 19 de abril de 2010

O tudo é uma coisa só


 
Tem hora que a gente se pergunta,
Por que é que não se junta tudo numa coisa só?

Poeta, ouvidor, desenhista, músico, malabarista...
Comediante o que for.
Todo mundo procura um lugar, pra poder compartilhar...
Da dor e da alegria.
Sarau em Arcoverde só de sexta venho aqui reivindicar
Eu quero isso todo dia.

Tem hora que a gente se pergunta,
Por que é que não se junta tudo numa coisa só?

Católico, evangélico, budista, macumbeiro, corintiano,
Espírita ou ateu.
Todo mundo busca a paz interna, tâmo aqui pra ser lanterna,
Foi assim que Ele escreveu!
Palavras e palavras e palavras
E ainda acham que o deus do outro não pode ser meu.

Tem hora que a gente se pergunta,
Por que é que não se junta tudo numa coisa só?

Quando juntarmos você comigo...
Cordão umbilical e umbigo,
A gente vai ser só um.
E até lá eu não vou caminhar mais sozinho,
O distante será meu vizinho
E o tempo será
A hora que eu quiser! Oras!!!

Nenhum comentário: