sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Podemos e queremos construir a paz!

Carta-Compromisso do II Encontro de Jovens Nordestinos Pela Paz

Nós, galera jovem reunida em Timon, Maranhão, de 24 a 26 de julho de 2009, representando diversos grupos, comunidades e movimentos juvenis organizados e espalhados pelo Nordeste brasileiro, os quais sonham com e lutam por um mundo de Justiça e Paz:

- Reafirmando que é preciso “erguer, na mente e no coração de toda a sociedade, os alicerces da paz”;

- Ressaltando o papel insubstituível da educação formal e informal no processo de construção da paz;

- Reconhecendo as juventudes como parte da solução diante das inúmeras violências e da insegurança que enfrenta o nosso país;

- Insistindo na necessidade da participação e do engajamento dos jovens em comunidades pacifistas;

- Atualizando e contextualizando de forma permanente os princípios do Manifesto 2000 por uma Cultura de Paz;

- Traduzindo em ações e gestos concretos os valores do respeito à vida, da não–violência, da generosidade, do diálogo, do cuidado e da solidariedade;

- Promovendo o conhecimento e a vivência da espiritualidade e da mística que inspirou e que sustenta a tantos e a tantas testemunhas da paz de ontem e de hoje;

Comprometemo-nos a:

· Colocar as nossas mãos e o coração na construção da Cultura de Paz;

· Aprofundar e assumir, a partir da nossa realidade, as orientações do Programa e da Agenda por uma Cultura de Paz;

· Promover a formação de Círculos de Paz em escolas e comunidades nas cidades onde ainda não existem;

· Fortalecer a rede de Círculos de Paz e de jovens nordestinos pela paz;

· Desenvolver oficinas, seminários, passeatas e outras atividades artísticas, culturais e esportivas que ajudem na promoção da Cultura de Paz nos ambientes onde moramos;

· Incentivar a criação de projetos de Cultura de Paz nas escolas e nas comunidades, sistematizando e partilhando as experiências desenvolvidas;

· Divulgar a Campanha “Justiça nos Trilhos” em nossos grupos, escolas e comunidades;

· Aderir e promover o abaixo–assinado contra a aprovação da PEC 20/1999 sobre a Redução da Maioridade Penal;

· Aderir à campanha “Ficha limpa” contra a candidatura de políticos em débito com a justiça e pela ética na política;

Cientes de que a paz é possível e de que ela está em nossas mãos, conclamamos a todas as pessoas de boa vontade a fazer circular essa idéia!

Timon – MA, 26 de julho de 2009.

Nenhum comentário: