quinta-feira, 23 de julho de 2009

Os frutos da Infância e Adolescência Missionária

Durante 9 anos ocorreram os encontros da Infância e Adolescência Missionária (IAM) organizados pela Catolicanet na diocese de Santo Amaro-SP. O evento se transformou no maior encontro de crianças missionárias do mundo, o último realizado em 2005 reuniu cerca de 40 mil crianças.

A Obra da Infância Missionária que existe há 166 anos tem como tema "Criança evangelizando criança, Criança ajudando criança" e foi muito incentivada por João Paulo II, que sempre se dirigia às crianças como "pequenos grandes missionários", o Santo Padre inclusive durante três anos escreveu uma mensagem abençoando o encontro.

O objetivo da Infância Missionária é despertar a criança para a missão. A criança missionária tem uma grande disposição ao serviço e justamente por isso se destaca.

A intenção do encontro de aflorar a missão nas crianças foi alcançado diversas vezes, não só nas crianças, mas também nos adultos que participavam na organização ou nas celebrações. O desejo de ser missionário atingia a todos. Um dos exemplos é o seminarista Anderson Ricardo Pereira, 22 anos e que participa da Infância Missionária há onze anos.

Presente no III Encontro de Formação Missionária para Seminaristas, Anderson da diocese de São João da Boa Vista (SP), relatou que mesmo sendo de uma diocese distante participava dos encontros na diocese de Santo Amaro. E que através da pratica missionária presentes nos encontros ele conheceu e se interessou pela Igreja, pela IAM e por meios destas conheceu a Deus.

O modo como foi evangelizado quando criança fez com que Anderson se tornasse um adulto vocacionado com o desejo de se tornar um sacerdote missionário. Segundo ele: “Foi essa prática missionária (a visita ao asilo; a evangelização nas escolas, nas paróquias da cidade e tantos outros lugares e atividades que a IAM realizava) que me fez descobrir o que realmente é ser Igreja”.

FONTE: Catolicanet - 14/07/2009

Nenhum comentário: