quinta-feira, 23 de julho de 2009

III Encontro de Formação Missionária para Seminaristas em São Paulo

No dia 5 de julho iniciou-se o III Encontro de Formação Missionária para seminaristas, na catedral de Registro (SP). O evento que foi realizado entre os dias 05 à 11 de julho contou com a presença de 35 seminaristas de 18 dioceses do Regional Sul 1 e uma congregação.

A Santa Missa foi presidida por Dom José Luís Bretanha, durante a celebração o bispo diocesano ressaltou a importância da missão no Vale da Ribeira. Antes do início da primeira exposição dom Luís disse ainda que pelo batismo os católicos são chamados a ser discípulos e missionários, e por essa razão há necessidade de ser missão permanente em todos os lugares, tendo como ponto de partida a realidade que tem como objetivo a construção do Reino de Deus. “ Cristo deve ser levado com a experiência e a fé ao outro e à comunidade, afirmou.

Antes do início das palestras, Pe Mauro, membro da diretoria da OSIB SUL 1, responsável pela Dimensão Missionária e organizador do encontro, acolheu a todos e transmitiu a importância da missão nesta região do Vale do Ribeira, tanto nos quilombos como nas aldeias indígenas, nos movimentos populares contra as barragens, os movimentos de luta pela terra e outros.

Durante a semana palestraram no evento: Pe. Sávio Corinaldesi, missionário xaveriano e membro das Pontifícias Obras Missionárias; Pe. Tarcísio, pároco da diocese de Bragança Paulista (SP), Pe.Vanderlei Bervian, missionário Comboniano, Vice Provincial da congregação e Formador da teologia em São Paulo; Robson Ferreira, coordenador do Comire no Regional Sul 1e Belchior Antônio, presidente do Instituto Missionário CatolicaNet.

O primeiro dia do encontro contou com a exposição do padre Sávio, que começou apresentando a realidade dos católicos no mundo, a importância da missão Ad Gentes. Durante sua exposição o padre apresentou os filmes “ Deus existe na ilha das flores?, “ Zé confuso” e ainda um filme produzido pela Conferência dos Bispos norte-americanos que mostra a beleza do catolicismo.

Ainda durante a segunda-feira os seminaristas assistiram ao filme Sete Vidas, e foram separados em cinco grupos pelo padre Mauro representando os cinco continentes.

Na terça-feira segundo dia de exposição, palestraram o Pe. Sávio e o padre Tarcísio, este último através dos conceitos de experiência, missão e espiritualidade explicou sobre espiritualidade missionária. Houve a apresentação do filme “ O jardineiro fiel”.

Na quarta-feira os seminaristas viveram a experiência na missão, organizada pelo Comidi da diocese de Registro, supervisionada pelo padre Nelson e pelos seminaristas Alessandro e Adelson. A atividade missionária foi dividida em dois grupos: um na Aldeia Indígena dos Guaranís no município de Pariquera-Açú (SP), e outro grupo foi para o Quilombo Mandira, que fica no município de Cananéia SP, ambos município pertencentes à Diocese de Registro.

Após a apresentação e reflexões sobre a experiência missionária feita no dia anterior a quinta-feira contou com a palestra de Robson Ferreira, que falou sobre a animação missionária. E recordou que deve-se fazer do entusiasmo um verdadeiro anúncio do Cristo para todas as pessoas. Robson falou ainda da importância de se cogitar a criação nos seminários e comunidades o COMISE, Comissão Missionária de Seminaristas, para que já na formação dos futuros presbíteros, seja fomentado esse ardor e empenho missionário.

No período noturno houve uma “Noite Cultural” com a encenação de cinco grupos que representaram os cinco continentes, destacando suas características, as encenações foram preparadas pelos próprios seminaristas. Esteve presente o grupo de cultura japonesa que tocou Taiko, uma espécie de dança coreografada com tambores batidos no mesmo ritmo e força. E o Grupo de Cultura Afro-brasileira, que apresentou duas músicas de sua cultura, coordenadas com ritmo e dança por parte de todos os participantes.

O último dia de palestras contou com a exposição de Belchior Antônio e Suely Silva ambos do Instituto Missionário CatólicaNet, que apresentaram formas de como melhorar a comunicação na vida das comunidades.

Durante a exposição Belchior explicou que para uma boa comunicação é fundamental três elementos: transmissor, a mensagem e o receptor para que se alcance os objetivos de persuadir, convencer e vender uma idéia. Foi proposto pelos assessores o desafio aos seminaristas de produzir uma rádio: com nome da rádio, nome do programa, freqüência modulada, patrocínio, iteratividade, etc.. .O resultado da oficina de rádio surpreendeu a todos os participantes, tendo em vista o empenho e a qualidade do trabalho apresentado. Aproveitando o momento, Belchior apresentou os principais meios de comunicãção que se encontram hoje a nossa disposição, incentivando a todos a utiliza-los para evangelizar.

No final o casal ressaltou os valores do grupo no quesito comunicação e depois apresentou o Portal Catolicanet, contando a sua história, seu contexto mensal, como se mantém etc. Ficou claro a importância desse portal no mundo católico, e a respeito de todos os meios de comunicação que ficam ao nosso alcance, e do bem que pode ser feito em relação a esses meios.

Após a palestra houve a celebração da Santa Missa, e ao final da celebração aconteceu a Bênção de Envio, por parte do celebrante que comoveu a todos os presentes. O grupo de liturgia preparou um vídeo com todas as imagens e impressões do encontro, no qual ressaltamos a frase que ficou marcada nos futuros presbíteros“Depois deste encontro, nunca mais seremos os mesmos...

FONTE: Catolicanet - 13/07/2009

Nenhum comentário: