segunda-feira, 30 de junho de 2008

Do Brasil de Batizados ao Brasil de Jovens Missionários

Nos dias 6 a 8 de junho de 2008, aconteceu o Encontro de Jovens Missionários da Arquidiocese de Goiânia, realizado na Paróquia Nossa Senhora das Dores (Vila Pedroso), com o tema: Do Brasil de Batizados ao Brasil de Jovens Missionários, contando com a presença de mais de 40 jovens de 7 paróquias da Arquidiocese.
O encontro teve por objetivo oferecer um ambiente de formação, por meio do repasse do Encontro de Formação da Obra da Propagação da Fé – Juventude Missionária, realizado no final do mês de abril, na Diocese de São Luís de Montes Belos, sob a coordenação das Pontifícias Obras Missionárias. Outra intenção foi despertar nos jovens participantes o desejo de formar grupos da Juventude Missionária ou fortalecer aqueles que já existem.
Dentre os assuntos trabalhados no encontro, além do tema, os participantes puderam conhecer melhor a proposta da Juventude Missionária, aprofundando sobre sua origem, identidade, carisma, metodologia e o perfil do jovem missionário, bem como assuntos relacionados à missão. A assessoria do encontro ficou a cargo da Marisete, assessora da Juventude Missionária no Regional Centro-Oeste e do Pe. Geraldo Pinheiro, pároco da Paróquia Nossa Senhora das Dores.
Os jovens das paróquias mais distantes ficaram hospedados nas casas das famílias da comunidade. As atividades do encontro envolveram palestras, orações, terço missionário nas ruas do bairro, celebração eucarística, trabalhos de grupo e uma confraternização. Várias pessoas demonstraram seu apoio à Juventude Missionária, com sua visita ou mensagem de incentivo.
Temos alguns depoimentos dos jovens que participaram do encontro:
  • Renata Laura (Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Comunidade São Pedro e São Paulo): “o encontro foi bom, pois contou com a participação de jovens de outras paróquias, o que motivou a troca de experiências. O conteúdo foi bem trabalhado pelos assessores. A acolhida e hospedagem nas famílias foram muito positivas”.
  • Ir. Jocilene Bentes de Carvalho (Paróquia Nossa Senhora da Guia): “é a primeira vez que participo do encontro e me senti muito motivada a participar da Juventude Missionária, começando um grupo com os adolescentes que já participam da Adolescência Missionária. Para mim, foi muito bom conhecer e dialogar com os jovens e conhecer de perto a realidade da juventude, os desafios presentes e o desejo de continuar essa missão, sendo anunciadores para a própria juventude”.
  • Laís Rayanne Teles (Paróquia Nossa Senhora das Dores – Comunidade São José Operário): “o encontro despertou em mim a necessidade de continuar o trabalho missionário, renovado com mais ardor. Temos que motivar a Juventude Missionária na comunidade e na Arquidiocese e despertar em diversos lugares, principalmente nas famílias, o espírito missionário. O encontro também ajudou a aperceber que nós, jovens batizados, podemos ser jovens discípulos e missionários de Jesus”.
  • Ritihelle Sodré (Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Comunidade Santa Gema Galgani): “a partir desse encontro pretendemos trazer (resgatar) mais jovens para a igreja, contanto com a participação das famílias. Queremos também assumir e colaborar mais nos serviços da Igreja”.
  • Egnaldo Pereira (Paróquia Nossa Senhora da Paz): “o encontro foi muito positivo, pois trouxe alguns conteúdos sobre a missão que nós já vínhamos estudando. Fomos muito bem acolhidos e as pessoas da comunidade nos trataram com muita hospitalidade. No encontro, percebemos que os outros jovens pensam na mesma linha, no sentido de serem jovens missionários. Agora, assumimos o compromisso de repassar os conteúdos e buscar formar um grupo de jovens missionários”.
Uma das últimas atividades do encontro foi o momento de avaliação e encaminhamento. Avaliação do encontro foi muito positiva, destacando-se acolhida, as palestras de formação, a troca de experiências e a animação; os participantes reforçaram o desejo de participação de mais jovens da Juventude Missionária.
Tivemos no nosso encontro o apoio e a presença constante do pároco Pe. Geraldo Francisco Pinheiro, conhecido por Pe. Geraldão. Ele se mostrou muito a vontade, mostrando-se para nós um companheiro da Juventude Missionária e adotando desde o início a nossa saudação (De todos os jovens do mundo, sempre solidários!), além de assessorar dois temas do encontro (Do Brasil de Batizados ao Brasil de Jovens Missionários e Evangelização, vocação da própria Igreja). Gostaríamos de ter essa mesma força diante dos outros padres da Arquidiocese no trabalho da Juventude Missionária. Ao final do encontro o Pe. Geraldo deixou claro que aprendeu mais do que ensinou e que ficou maravilhado com o evento. Deixamos aqui o nosso mais sincero agradecimento ao seu apoio, disponibilidade e amizade.
Igor Rodrigues Arquidiocese de Goiânia

Um comentário:

André Luiz disse...

Parabéns Igor!
ótimo texto, escreveu muito bem.
melhor ainda pq divulga um trabalho tão bonito e divertido.

André Luiz